37ª Exposição do Cavalo Mangalarga Marchador segue até domingo (1°), em Araruama

Nesta sexta (29), no local, acontece também os Festivais do Aipim e Cervejeiro, com barracas montadas para que os expositores possam vender seus produtos

309

A tradicional Exposição do Cavalo Mangalarga Marchador de Araruama, que está em sua 37ª edição, começou nesta quinta-feira (28) e segue até o domingo (1°). A festa promove a valorização dos trabalhadores do campo e é um incentivo à agricultura familiar da região. Este ano são 190 cavalos da raça Mangalarga Marchador e 25 expositores, dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

De Araruama, são oito produtores, sendo que um deles se destaca no cenário nacional. Bruno Greg é hoje o maior criador da raça Mangalarga Marchador, na categoria marcha picada.

O público está tendo a oportunidade de conhecer de perto esses animais. Além disso, nesta sexta-feira (29), segundo dia de festa, estão acontecendo dois festivais já conhecido entre os moradores. O Festival do Aipim, com barracas montadas, onde os produtores estão vendendo pratos típicos como carne seca na tábua com aipim e galinha caipira com aipim.

E, também, o Festival Cervejeiro, onde os expositores apresentam barris com vários tipos de cervejas artesanais que atendem a todos os tipos de gostos.

Além disso, crianças e adultos podem apreciar uma exposição de animais, com pôneis, mini vaquinhas, mini porquinhos e aves, na tradicional Fazendinha, montada dentro do Parque de Exposição. As tradicionais provas do Cavalo Mangalarga Marchador também iniciam nesta sexta (29), valendo troféus para os finalistas. Os jurados avaliam as características físicas dos animais, além de votar naqueles que tem a marcha mais bonita.

O evento acontece no Parque de Exposição Agropecuária de Araruama, das 10h às 22h, e a entrada é gratuita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui