InícioCabo Frio#15MINUTOSNORC: Reforma administrativa, pacotão da Saúde e CPI da COVID, Miguel Alencar...

#15MINUTOSNORC: Reforma administrativa, pacotão da Saúde e CPI da COVID, Miguel Alencar fala sobre as últimas da Câmara de Cabo Frio

Presidente do Legislativo cabo-friense comentou aprovação de projetos na sessão desta terça (4) e mais detalhes sobre os acontecimentos recentes na casa

O presidente da Câmara de Cabo Frio, Miguel Alencar (DEM), foi o convidado do #15MinutosNoRC desta terça-feira (4).

O vereador falou sobre o pacote da Saúde aprovado na sessão ordinária da Câmara durante a manhã e sobre a Reforma Administrativa, aceita pela maioria dos edis no começo da tarde.

“Fizemos o possível para aprovar tudo em regime de urgência para que pudesse ir logo para a sanção do prefeito”, esclarece Alencar.

O pacote da Saúde inclui cerca de 20 a 25 matérias propostas pelos vereadores que já tramitavam na casa, como o drive-thru da vacina, prioridades na fila da vacinação.

Sobre a Reforma Administrativa, que começou como um decreto e acabou como projeto de lei, o vereador recapitulou toda a história e ressaltou que agora o prefeito tem tranquilidade, porque tem uma lei que o deixa governar da maneira que ele entende ser melhor.

Em valores, Miguel afirmou que o máximo de gastos que o projeto de Zé chega é R$ 3.170.392,54. A reforma anterior, de Adriano Moreno (DEM), previa um máximo de R$ 3.768.847,54. Uma economia aos cofres públicos de quase R$ 600 mil.

“Redução não tão significativa, mas uma redução nos valores”, classificou Miguel Alencar.

O projeto sofreu críticas pelo aumento de cargos, por exemplo, de secretários adjuntos, que foram de 3 para 50. Contudo, Alencar ponderou que o projeto de Bonifácio diminuiu de 107 superintendentes para 92, cinco assessores especiais para dois e 20 coordenadores-gerais para 14.

Comentando emendas, Alencar falou sobre a proposta dele, que não foi aceita, da separação das secretárias de Esporte e Turismo, diminuindo a estrutura delas. Por fim, considerou que a reforma ficou muito parecida com o que foi proposto por José Bonifácio.

“Modificação foi muito pequena, uma troca de nomenclatura”, pontuou.

O vereador também falou sobre a CPI da Pandemia e comentou ações do governo.

Confira a entrevista na íntegra:

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content