Brasil garante seis vagas na próxima fase do Rio Pro em Saquarema

Tatiana Weston-Webb segue para as quartas de final no feminino; masculino tem cinco sufistas canarinhos nas oitavas; repescagem tem previsão para acontecer na sexta (24)

210

O Brasil entrou com o pé direito na Praia de Itaúna, em Saquarema, na manhã desta quinta-feira (23), primeiro dia da janela de competições da etapa do Circuito Mundial de surf da WSL. O time Brasil começou com 12 atletas e seis já garantiram a vaga na próxima fase.

Tatiana Weston Webb, única representante do país canarinho na categoria feminina, abriu as honras da casa e venceu o confronto contra a havaiana Carissa Morre e a peruana Sol Aguire. Ela avançou direto às quartas de final.

Logo depois, o brasileiro Ítalo Ferreira, atualmente 4º do ranking mundial, garantiu passagem direta às oitavas de final na primeira bateria masculina da competição. O sul-africano Matthew McGillivray ficou em segundo lugar, enquanto o saquaremense João Chianca, convidado da etapa, ficou em terceiro. Os dois disputarão a repescagem.

A segunda bateria também teve vitória brasileira. Michael Rodrigues derrotou os americanos Griffin Colapinto e Jake Marshall, garantindo a vaga na próxima fase.

A terceira bateria não foi de alegria com os brasileiros Mateus Herdy e Samuel Pupo. A dupla foi derrotada pelo australiano Jack Robinson e vai ter que disputar a repescagem no Maracanã do Surf.

Filipe Toledo entrou na água pela quarta bateria e fez bonito em Saquá. O líder do ranking não deu chance para Nat Young e Miguel Tudela, estreou com vitória e passagem garantida para as oitavas.

Quarta vitória brasileira na 5ª bateria do primeiro dia no Rio Pro. Yago Dora superou Kanoa Igarashi e Kolohe Andino e também garantiu a vaga na próxima fase da do Circuito Mundial.

Gabriel Medina não foi bem e caiu para a repescagem na 6ª bateria em Saquarema. O tricampeão mundial não surfou boas ondas e foi superado pelos australianos Connor O’Leary, que se classificou, e Ethan Ewing, que também vai para a repescagem. Medina está em 23º no ranking e precisa de resultados excelentes nas três etapas restantes da temporada para conseguir uma vaga na WSL Finals.

A oitava e última bateria do dia teve apenas brasileiros na água. Quem levou a melhor e garantiu a classificação para as oitavas foi Miguel Pupo. Já Caio Íbelli e Jadson André vão para a repescagem que, segundo a organização do evento, deve rolar já nesta sexta-feira (24), com a previsão de boas ondas na Praia de Itaúna.

*Com informações do Blog Cutback.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui