Início Cabo Frio RESTA UMA VAGA: leitos de UTI do SUS para Covid-19 em Cabo...

RESTA UMA VAGA: leitos de UTI do SUS para Covid-19 em Cabo Frio chegam a 93% na ocupação

Assustador. Em um intervalo de apenas 24h, Cabo Frio atingiu a marca de 93% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS), voltados para pacientes com Covid-19, segundo dados divulgados pela prefeitura na quarta-feira (10). No dia anterior, terça-feira (9), conforme o boletim oficial, a ocupação era de 55%.

Em dados divulgados na tarde de quinta (11), o município explicou como estão divididos os leitos pelos hospitais públicos da cidade e a lotação de cada uma das unidades.

No Hospital Municipal São José Operário (HMSJO), no bairro São Cristóvão, a única vaga disponível está ocupada. A mesma situação pode ser observada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Parque Burle e de Tamoios, que dispõem de três e duas vagas, respectivamente, com taxa de ocupação em 100%.

A única vaga disponível em Cabo Frio é no Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS), no bairro Jardim Esperança, que tem 89% de ocupação. Oito das nove vagas de UTI tem pacientes internados.

Já na enfermaria, das 16 vagas disponíveis pelo SUS, sete estão ocupadas. Na UPA de Tamoios, não há mais vagas. Todos os quatro leitos disponibilizados para pacientes com coronavírus estão ocupados. Em contrapartida, todas as quatro vagas de enfermaria no HMOCS estão livres.

No HMSJO, a ocupação é de 50% – duas vagas livres, de quatro disponíveis. Já na UPA do Parque Burle, das três vagas, uma segue disponível.

A situação não é muito diferente quando o assunto são os leitos nos dois hospitais particulares cabo-frienses: a taxa de ocupação atingiu 76%.

A Clinerp disponibilizou cinco vagas para pacientes com Covid-19 e todas estão ocupadas. Os leitos disponíveis são apenas no Hospital Santa Izabel, que tem ocupação de 60%, ou seja, dos 20 existentes, apenas oito ainda seguem livres.

Nas redes sociais, o secretário municipal de Saúde, Felipe Fernandes, disse que um novo plano de ação será apresentado neste sábado (13), durante reunião do Gabinete de Soluções e pediu que a população se cuide, alertando para o momento crítico da pandemia no país. "Povo Cabo-friense, cuidem de si e do próximo, estamos em um momento crítico da pandemia em nosso país, em nosso estado e em nosso município. A secretaria de saúde criou um plano de ação para este novo momento que viveremos nos próximos dias, será apresentado amanhã no gabinete de soluções ao vivo nas páginas oficiais da prefeitura. Não é brincadeira o momento que vivemos, é muito sério e deverá ser de responsabilidade de todos", publicou.

A Prefeitura de Cabo Frio informou ainda que o município se encontra na Zona Laranja de contaminação e que "os dados podem ser alterados a qualquer momento".

 

CIDADE COM MAIS MORTES NA COSTA DO SOL

Cabo Frio se tornou o município com mais óbitos confirmados em decorrência do coronavírus na Costa do Sol, que abrange também as cidades de Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Iguaba Grande, Macaé, Maricá, Rio das Ostras, São Pedro da Aldeia e Saquarema. Até esta quinta-feira (11), o município já somava 364 mortes por Covid-19. A cidade, que tem cerca de 220 mil habitantes, já confirmou 7.668 casos da doença, ou seja, a cada 21 pacientes infectados com Covid-19, um morre.

 

 

MEDIDAS DE COMBATE À COVID-19 NO ESTADO

Na tarde desta sexta-feira (12), às 13h30, o governador em exercício, Cláudio Castro, concedeu uma entrevista coletiva sobre medidas de combate e prevenção à propagação da Covid-19. Dentre as novas iniciativas, estão o funcionamento de bares e restaurantes até 23h, seguindo as medidas da cidade do Rio, decreto do prefeito Eduardo Paes (DEM). Mas o governador descatou "lockdown".

Antes disso, ele se reúniu com prefeitos das cidades fluminenses e empresários de diversos setores. O secretário de estado de Saúde, Carlos Alberto Chaves também participou da coletiva.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content