Início Destaque Procon fiscaliza e autua dez farmácias em São Pedro da Aldeia

Procon fiscaliza e autua dez farmácias em São Pedro da Aldeia

Durante operação, estabelecimentos foram notificados por irregularidades como ausência de farmacêutico responsável e venda de medicamentos proibidos e sem prescrição médica

O Procon de São Pedro da Aldeia, em conjunto com o Conselho Regional de Farmácia do Rio De Janeiro (CRFRJ) e a Secretaria de Estado de Fazenda (SEFAZ), realizou uma fiscalização em farmácias da cidade nesta quarta-feira (28). No total, 20 farmácias fora alvo da operação e dez foram notificadas.

O coordenador do órgão aldeense, Márcio Lisboa, explicou que a ação teve como objetivo apurar denúncias de consumidores acerca da venda de produtos sem prescrição médica, inclusive psicoativos, além da venda de anabolizantes, que não é permitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

“Os agentes encontraram produtos vencidos, falta de documentação, segregação misturada a medicamentos e perecíveis ainda a vencer, venda casada induzindo consumidores a se auto medicarem de forma não racional e periodicamente, causando riscos à saúde, e falta de acessibilidade”, complementou Lisboa.

Outras irregularidades foram flagradas durante a fiscalização nas drogarias, como temperatura irregular da geladeira de medicamentos e da loja, materiais perfuro-cortantes sem local para descarte e estabelecimentos sujos.

Um dos estabelecimentos, localizado no centro da cidade, ao saber da operação do Procon na parte da manhã, chegou a fechar as portas no período da tarde para fugir da fiscalização, reabrindo no final do dia, mas foi atuada ainda assim.

“Os agentes passaram por volta das 17h e viram que a farmácia estava novamente aberta e havia sido fechada intencionalmente. O estabelecimento tinha uma série de irregularidades e não tinha farmacêutico responsável por mais de dois anos e era reincidente por autuação pelo CRFRJ e provavelmente vai perder a licença”, explicou o coordenador do Procon.

Ainda no estabelecimento foram encontrados remédios de uso controlado, “que acabaram de chegar, sendo que estão proibidos de comprar e vender tais medicamentos. Nesta farmácia específica, serão autuados a loja e o fornecedor do medicamento por estar fornecendo remédios de uso controlado a uma farmácia que se encontra irregular”.

Todos os estabelecimentos autuados tem prazo de 15 para apresentar a defesa. O processo segue em trâmite e todas as farmácias, além da multa administrativa, terem a suspensão do alvará para exercício da atividade comercial.

Confira o vídeo da operação clicando aqui.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content