Prefeitura de Rio das Ostras não deve retomar campanha de vacinação contra a gripe

Mesmo com surto de gripe no estado, município diz que a doença é sazonal e campanha contra a Influenza já foi realizada entre abril e julho. Na quarta (15), moradores denunciaram superlotação na UPA

333
gripe

Em meio ao aumento do número de casos de Influenza em todo o Estado do Rio de Janeiro, a prefeitura de Rio das Ostras divulgou, nesta quinta-feira (16), que não pretende retomar a campanha de vacinação contra a gripe, ainda que a procura pelo imunizante tenha expandido.

Segundo o município, a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início em abril e término em julho, conforme o calendário definido pelo Ministério da Saúde. “Nesse período, as doses de Influenza recebidas pelo Estado para as ações de Campanha foram aplicadas nos grupos prioritários” e todas elas foram administradas à população. Em seguida, as remanescentes, foram disponibilizadas aos moradores em geral, enquanto duraram o estoque.

Ainda conforme nota da prefeitura, as doses da vacina que sobraram estão sendo utilizadas para terminar de vacinar os acamados e não há reserva estratégica, considerando “a sazonalidade da doença e a aprovação recente da composição da nova vacina, que será produzida para 2022”.

Nesta quarta-feira (15), pacientes denunciaram a superlotação e demora no atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro âncora, devido ao aumento da demanda médica por conta do surto de Influenza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui