InícioDestaquePrefeitura de Iguaba proíbe permanência de clientes em bares

Prefeitura de Iguaba proíbe permanência de clientes em bares

Medidas vigentes no município para combater a COVID-19 continuam valendo em novo decreto assinado nesta terça (6)

O clima de apreensão e preocupação tomou conta da Prefeitura de Iguaba Grande. Nesta terça-feira (6), o prefeito, Vantoil Martins (Cidadania), e o secretário de Saúde, Valdeci Jr., fizeram uma live explicando novas medidas para tentar conter o avanço da COVID-19.

De acordo com o prefeito, o decreto 1.967 será publicado ainda nesta terça e prorroga as restrições atuais com uma diferença: bares não poderão disponibilizar mesas e cadeiras para os seus clientes

“Não queremos e não vamos aceitar permanência de clientes nos bares. Pode fazer a compra e levar para casa. Em hipótese nenhuma permanecer no local”, disse Vantoil.

Martins afirmou, inclusive, que nunca ficou tão preocupado. Na segunda (5), cinco pacientes estavam intubados em Iguaba e o secretário de Saúde informou que o fornecimento de oxigênio e entrega de sedativos triplicou em dois meses.

Nesta terça, segundo dados apresentados na live, Iguaba tem 26 internados, sendo 13 na UPA e 13 na tenda. Dois deles estão intubados.

O balanço feito pelos gestores informou que o município teve 117 pacientes internados no 1º trimestre de 2021. Destes, 38 eram moradores de cidade vizinhas.

“Tem sido dias muito difíceis”, disse Valdeci, que também considerou a situação extremamente grave e muito preocupante.

“Não é fácil, a luta é enorme e nós precisamos contar com a compreensão de todos vocês”, ressaltou o chefe do Executivo Municipal, que agradeceu à fiscalização de Posturas pelo trabalho e às pessoas que têm cumprido as medidas de segurança contra a Covid-19, como o uso de máscara.

Confira a transmissão realizada nesta terça:

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content