InícioRegião dos LagosCabo FrioPrefeitura de Cabo Frio amplia infraestrutura do Hospital Otime Cardoso dos Santos

Prefeitura de Cabo Frio amplia infraestrutura do Hospital Otime Cardoso dos Santos

Unidade aumentou em 10% a capacidade de abastecimento de gás para pacientes com a Covid-19

A Prefeitura de Cabo Frio ampliou a infraestrutura do Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, localizado no bairro Jardim Esperança. A unidade é referência para tratamento de pessoas diagnosticadas com a covid-19.

Com a reformulação, o local passou a ter uma ala exclusiva para os pacientes com a doença, contando com 12 leitos de Unidade de Pacientes Graves (UPG) e outros seis de trauma.

O hospital passou ainda por manutenção e ampliação em toda rede de gases medicinais. Com o aumento da estrutura de armazenamento, a capacidade da produção e o consumo médio de oxigênio por leito covid-19 foi ampliado em 10%.

O objetivo é garantir o abastecimento de gás e o atendimento às pessoas que precisam de internação em decorrência ao coronavírus.

“A medida oferece o suporte imediato para garantir leitos com total capacidade de oxigênio aos pacientes. Resulta, ainda, na prevenção ao agravamento da crise de abastecimento de insumos estratégicos relacionados ao armazenamento e produção de gás medicinal”, explica Felipe Fernandes, secretário de Saúde.

Outra novidade é o retorno de internação de clínica médica. A unidade passa a ter um setor exclusivo para internação por covid-19 e outro para interações clínicas.

Para isso, o hospital foi dividido em duas alas totalmente separadas para não gerar fluxo dos atendimentos, disponibilizando 55% dos leitos exclusivos para pessoas com coronavírus e 45% para clínica médica.

“Hoje temos 18 leitos clínicos de enfermaria para casos não covid, e quatro leitos de trauma. Para atendimento exclusivo de pacientes com o vírus, temos seis leitos de isolamento no trauma, e 12 com suporte ventilatório. Para a ampliação, o hospital passou por reforma para implantar todas as adequações necessárias para que o atendimento da ala covid fosse totalmente separado”, explica a diretora médica do hospital, Priscila Gasparetto.

No início do ano, a Prefeitura de Cabo Frio instituiu a unidade hospitalar como referência para atendimento às pessoas diagnosticadas com a covid-19. Em março deste ano, o local passou por ampliação dos leitos, aumentando a capacidade em 50%.

De acordo com a Secretaria de Saúde, neste momento, o retorno das internações para clínica médica se deve exatamente pelo resultado positivo das ações do primeiro semestre para o enfrentamento e combate do coronavírus no município, com a queda de quase 80% nos casos de pacientes internados.

“Nós acompanhamos diariamente os quadros de internação e atendimento na média e alta complexidade do município. Nesse cenário atual, as ações para potencializar os atendimentos e obter a melhor logística de acordo com a evolução epidemiológica vão ocorrer constantemente. Além disso, seguimos em paralelo na melhoria permanente da rede pública de saúde. Uma das premissas do governo é garantir mais qualidade para saúde do cabo-friense”, conclui Felipe.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content