Praia do Peró, em Cabo Frio, tem novo hasteamento da Bandeira Azul nesta quinta (25)

Solenidade acontecerá nesta quinta (25), às 14h, com a presença de autoridades e participações musicais

370

A Praia do Peró, em Cabo Frio, será palco de uma nova cerimônia de hasteamento da Bandeira Azul, premiação global dedicada ao reconhecimento da gestão sustentável de praias, marinas e embarcações de turismo. Com a presença do prefeito José Bonifácio e outras autoridades, a solenidade acontece nesta quinta-feira (25), às 14h. A solenidade também terá participação musical de Rogério Ramos, que compôs uma música especialmente para a Praia do Peró e para a Bandeira Azul, além de Jorge Villas, que vai entoar o Hino de Cabo Frio.

Após a cerimônia, a bandeira ficará exposta até 1 de novembro de 2022. Esta é a quarta vez que o selo de qualidade ambiental é concedido à praia cabo-friense. O principal objetivo do selo Bandeira Azul é conscientizar a sociedade quanto à necessidade de proteger ambientes marinhos e costeiros, incentivando a realização de ações com foco em qualidade e proteção ambiental.

Para ganhar o cobiçado certificado internacional, é preciso que as praias e marinas candidatas cumpram 34 critérios específicos de qualidade da água, segurança, gestão, educação ambiental e serviços de turismo sustentável. Todos precisam ser comprovados anualmente para que a bandeira permaneça hasteada.

O resultado das avaliações feitas pelo Júri Internacional do Programa Bandeira Azul para a temporada 2021/2022 foi anunciado em outubro. O Brasil garantiu 28 aprovações, sendo seis marinas e 22 praias contempladas com o selo ecológico. Dessas 22 praias, apenas quatro são do estado do Rio de Janeiro. Cabo Frio é a única do interior do estado a ser contemplada. As outras ficam nas cidades do Rio de Janeiro e Niterói.

Ao longo dos anos, o Bandeira Azul tornou-se um rótulo ecológico altamente respeitado e reconhecido, trabalhando para reunir os setores de turismo e meio ambiente de maneira local, regional e internacional. O certificado foi criado pela FEE (Foundation for Environmental Education), que é uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do programa é o IAR (Instituto Ambientes em Rede).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui