InícioDestaquePolícia Civil de São Pedro da Aldeia prende dupla que aplicava golpe...

Polícia Civil de São Pedro da Aldeia prende dupla que aplicava golpe de falsos cursos

Homens foram presos em flagrante efetuando as inscrições dos cursos de máquinas pesadas e retroescavadeiras na sede do clube Gaivotas

Na tarde deste sábado (31), agentes da 125ª DP, de São Pedro da Aldeia, prenderam dois homens que aplicavam golpe de falsos cursos na cidade.

Após denúncias, os agentes procederam até a Avenida Aeronaval, sede do clube Gaivotas, onde encontraram os acusados efetuando inscrições de cursos de operador de maquinas pesadas e retroescavadeiras a dezenas de pessoas, mediante o pagamento no ato da inscrição ou posteriormente via boleto.

O golpe consiste no recrutamento pelas redes sociais em interessados nos cursos ofertados gratuitamente. Após, na reunião de apresentação e inscrição do curso é apresentado uma taxa entre R$ 750,00 a R$ 1500,00 a depender da forma de pagamento. Esse valor refere-se a manutenção e suporte pedagógico dos cursos por uma empresa chamada ADVG profissionalizantes, e os cursos seriam ministrados em parceria através de uma plataforma de ensino a distância, S.E.S.C Secretaria de Cursos Profissionalizantes, com a promessa que ao final do curso teórico haveria as aulas práticas. Porém na prática esse dinheiro é pago a outra empresa, todas com sede em São Paulo.

Diversas pessoas que já contrataram este curso da mesma empresa que tem sede em São Paulo não conseguiram concluir o curso. São diversas as causas, desde o não recebimento de login na plataforma on-line, como a não realização das aulas práticas conforme contratado.

Foram encontrados relatos de cerca de 40 vítimas espalhadas pelo país no site Reclame aqui. A Polícia estima que o número real de vítimas seja bem maior.

Cabe ressaltar que os cursos são oferecidos por um valor bem abaixo do mercado para atrair a vítima, o que caracteriza ainda mais a fraude.

As investigações preliminares apontam para um sistema criminoso de venda de cursos fraudados por estas empresas em todo Brasil.

Após apreciação da Autoridade Policial, foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante dos acusados pelo crime de estelionato.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content