InícioRegião dos LagosCabo FrioPais e responsáveis reclamam da demora na convocação de auxiliares de classe...

Pais e responsáveis reclamam da demora na convocação de auxiliares de classe em Cabo Frio

Uma mãe, que preferiu não se identificar, afirma que filha de três anos não terá aula nesta segunda (6) por conta da falta de auxiliares

As aulas na rede municipal de Cabo Frio estão previstas para começarem nesta segunda-feira (6), entretanto, segundo pais e responsáveis, esse ‘início’ é apenas teórico em determinadas unidades, já que auxiliares de classe não foram contratados a tempo.

No caso, uma mãe, que preferiu se identificar, afirmou estar indignada com a situação, já que, por ora, a filha de três anos, que está matriculada na Escola Waldemira Thereza de Jesus, não poderá estudar até a contratação ser feita.

“Como eu explico para uma criança que vê a irmã ir para a escola e que ela não vai poder ir agora? Falta total de compromisso”, disse, enfatizando que a prefeitura “teve tempo o suficiente para isso”.

Além disso, ela contou que, durante reunião de pais e responsáveis nesta sexta-feira (3), a escola informou o problema, mas não deu uma data específica para a resolução, pois isso depende da prefeitura.

Já a prefeitura de Cabo Frio, através das redes sociais, publicou uma convocação de auxiliares de classe do processo seletivo da educação. Os profissionais devem escolher o local de exercício das funções entre segunda (6), dia em que as aulas retornariam, e quinta-feira (9), na Escola Municipal Robinson Carvalho de Azevedo.

A indignação, conforme a mãe, é que tudo está sendo feito em cima da hora, o que atrapalha na educação das crianças. “Absurdo”, declarou.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida e pós-graduanda em Assessoria de Imprensa, Jornalismo Estratégico e Gestão de Crises pela Universidade Castelo Branco.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo