InícioCulturaObra de conservação da Casa da Flor é iniciada em São Pedro...

Obra de conservação da Casa da Flor é iniciada em São Pedro da Aldeia

Restauradores da empresa contratada pela prefeitura deram início ao mapeamento de danos e aos testes preliminares de solubilidade

Teve início, esta semana, a primeira fase das obras de conservação da Casa da Flor, um dos mais importantes patrimônios artísticos e culturais de São Pedro da Aldeia. Nesta etapa, os restauradores da empresa contratada pela prefeitura reúnem informações sobre o estágio atual de conservação do monumento e executam os testes preliminares de solubilidade para a definição dos procedimentos de limpeza química do monumento. Será realizado ainda nesta etapa, a caracterização química e mineralógica das argamassas por exames laboratoriais.

De acordo com a sócia e uma das restauradoras da empresa responsável pela obra, Daniela Sergipense, a atual fase é fundamental para subsidiar o andamento dos trabalhos conservativos. “Os testes com os produtos químicos, o levantamento fotogramétrico e as pesquisas sobre os tipos de infestação biológica são muito importantes porque será a partir desse primeiro diagnóstico que vamos conseguir traçar uma metodologia de trabalho mais precisa. Aqui, nós encontramos diversos tipos de sujidade e precisamos saber quais tipos de produtos poderemos utilizar, de que maneira e em qual proporção”, disse.

Todas as etapas de intervenção contam com a vistoria técnica do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) – Região dos Lagos, órgão responsável por fiscalizar a obra. “É importante salientar que esse é um trabalho de conservação, não tem intervenção restaurativa, porque a proposta é, justamente, salvaguardar o máximo possível esse patrimônio. Os produtos químicos que estamos utilizando não são produtos ácidos, nem corrosivos; todos são recomendados e aceitos pelo Iphan. São produtos que não agridem a matéria original, seja pedra ou argamassa, e são reversíveis”, reforçou Daniela.

Na próxima semana, começarão os trabalhos de higienização e limpeza técnica, com ações de remoção química e mecânica de infestação orgânica e aplicação de biocida, substância que age contra fungos e bactérias. “Essa próxima fase é a fase mais longa e uma das mais relevantes do nosso escopo de trabalho. Faremos ainda novos testes, de consolidação, de fixação, a partir dos resultados que serão obtidos através das análises em laboratório”, explicou.

Treinamento

Outra etapa importante do projeto de conservação será o treinamento de dois servidores municipais para atuarem como conservadores permanentes da Casa da Flor. Os profissionais já foram selecionados pelo município, com base em suas aptidões e habilidades manuais, e serão orientados pela equipe de restauradores da empresa, através da execução prática de serviços como higienização, hidrofugação e outras técnicas que permitirão a conservação continuada do patrimônio, mesmo após a conclusão da obra. O treinamento contará com a orientação dos técnicos do Iphan – Região dos Lagos e da prefeitura. “O mais importante é treinar o olhar desses servidores para que eles consigam identificar a ocorrência de problemas crônicos”, lembrou Daniela.

Para acompanhar a evolução da obra e dar suporte à equipe de trabalho, o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Fernando Frauches, e o subsecretário da pasta, o arquiteto Antonio Nepomuceno, visitaram o espaço esta semana. “Desde quando recebemos o ofício do Iphan sobre o restauro da Casa da Flor, colocamos a secretaria à disposição para dar todo o suporte necessário. A Casa da Flor é um bem tombado, com uma importante história arquitetônica, além da sua relevância turística para o município. Então, a nossa secretaria será sempre parceira desse projeto, no que for preciso”, destacou Fernando.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Colabora no jornal O Dia e Blog Cutback.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content