“NÃO TEM MAUS-TRATOS”/ Idosa supostamente agredida pela filha, em Cabo Frio, não tem sinais de violência

Tudo começou quando, na sexta-feira (25), um relato vindo da vizinha dessa idosa dizia estar preocupada pelos gritos constantes que ouvia

1338

Na última sexta-feira (25), o Portal RC24h noticiou uma suposta agressão a uma idosa, moradora do bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio e, agora, foi constatado, pela equipe da secretaria do Idoso, que não houve agressão.

“Não tem sinal de violência, a casa é toda limpinha (…) não é caso de institucionalização e está tudo sobre controle. O MP entrou no caso junto e está tudo tranquilo. A gente vai acompanhar o caso de perto”, disse a representante da equipe da secretaria do idoso.

Tudo começou quando, na sexta-feira (25), um relato vindo da vizinha dessa idosa dizia estar preocupada com a senhora, que gritava constantemente como se estivesse sendo agredida pela própria filha. Ainda na denúncia, a vizinha informou que os moradores do local já haviam reclamado às autoridades sobre o caso, mas não tiveram retorno positivo e os gritos eram contínuos.

No mesmo dia, o Portal RC24h entrou em contato com a secretaria da melhor idade de Cabo Frio, buscando uma solução para o acontecido. A secretária da pasta, Delamar Sant’Anna, respondeu que estava ciente do caso. “Estamos tomando todas as medidas cabíveis para que esse caso seja resolvido o mais rápido possível.”

Com a visita domiciliar e abordagem da família no local indicado, a Secretaria do Idoso do município cabo-friense concluiu que não existe sinal de maus-tratos. E, perguntados sobre a possibilidade de uma agressão psicológica, responderam que acreditam ter levantado todas as informações e nenhum sinal de violência foi encontrado.

“Pode falar com as pessoas, não tem sinal de maus-tratos, não tem marca nenhuma no corpo”, finalizou a mulher.

VEJA O VÍDEO DA DENÚNCIA ABAIXO:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui