Músico cabo-friense lança novo EP e mostra versatilidade nos instrumentos de sopro

Gabriel Leite já concorreu ao Grammy Latino

911

O músico cabo-friense Gabriel Leite, lançará, na próxima quinta-feira (23), em todas as plataformas digitais, seu segundo trabalho solo, desta vez autoral. O novo EP, intitulado “O tempo em mim”, traz a identidade musical do saxofonista, com cinco faixas, sendo três delas inteiramente inéditas e duas regravações.

Com o auxílio da Lei Aldir Blanc, implementada pelo Governo Federal durante a pandemia, o artista teve a ideia de reunir obras que marcaram fases da carreira, com melodias suaves, como “Te Amo Assim” e “Sonho Real”, músicas mais intensas, como “Amaterasu” e “Presente”, além da brasilidade da canção “Ser Feliz”, que traz referências e elementos do samba e da música instrumental genuinamente brasileira.

Neste novo trabalho, Gabriel demonstra toda a sua versatilidade com os instrumentos de sopro que toca: o saxofone alto, tenor e soprano e a clarineta, que, além de ter sido seu primeiro instrumento, é uma referência para seu som. A produção, realizada em Cabo Frio (RJ), tem a assinatura do músico Adalberto Miranda, que atualmente integra a banda da cantora Ludmilla.

Gabriel iniciou seus estudos na música aos 10 anos de idade e logo começou a se destacar como solista nos concursos em que participava. Aos doze anos já recebia convites para tocar o repertório popular, acompanhando diversos artistas da Região dos Lagos, onde mora. Ele atuou também com artistas renomados, como Carlinhos de Jesus, Banda Jammil, Harmonia do Samba, Flávio Venturini, Marcos Sabino, entre outros nomes da MPB.

Em 2011, Leite gravou um DVD homenageando o músico da MPB Guilherme Arantes e contou com a participação do artista homenageado e com o apoio de grandes nomes na equipe de direção como: Guto Graça Mello, Carlinhos de Jesus, Mauricio Tavares e Mário Meirelles.

Em 2012, seu DVD “O Melhor Vai Começar” concorreu ao Grammy Latino nas categorias Melhor Disco Instrumental, Artista Revelação e Direção Musical. Na época, Gabriel passou por diversas capitais do país divulgando o trabalho com sua banda e foi o primeiro artista da Região dos Lagos a ser convidado para participar do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, o maior festival do gênero na América Latina, e um dos maiores do mundo.

Em 2015, o saxofonista passou a integrar a Produtora Violive e a participar do mercado de cerimônias de casamentos e eventos corporativos. Já em 2017, passou a integrar também o projeto Violive Jukebox, que faz uma abordagem jazzística para músicas do gênero Pop, tanto atuais como sucessos já consagrados. Com este trabalho, Gabriel e o grupo participaram de grandes eventos nacionais, como o Rock In Rio 2019.

Agora, nesta nova fase da carreira, Gabriel espera mostrar ao público toda sua experiência e sensibilidade:

“Esse EP é um presente para o público. Será lançado às vésperas do Natal, com muito carinho. Espero que as pessoas apreciem as canções”, declara o músico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui