InícioSaúdeCovid-19Maricá prossegue com a repescagem permanente da vacinação contra a Covid-19

Maricá prossegue com a repescagem permanente da vacinação contra a Covid-19

Aplicação da segunda dose e do reforço foram antecipadas

Como toda a população vacinável contra covid-19 já recebeu sua dose em Maricá, repescagem permanente em maiores de 12 anos segue no município. Até a última sexta-feira (27), mais de 121 mil pessoas foram vacinadas, o que corresponde a 86% de moradores incluídos no calendário.

A vacinação ocorre de segunda a sexta-feira, em todos os polos e unidades volantes de vacinação (UVV). Para receber o imunizante, é necessário que o adulto apresente um documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência. Já os adolescentes precisam de um documento de identidade ou certidão de nascimento.

A secretária municipal de Saúde, Solange Oliveira, afirmou que os números são expressivos, mas reforçou o convite à população para chegar aos 100% da população vacinada.

“Queremos garantir uma cobertura vacinal total da nossa cidade. Portanto, caso você não tenha se vacinado por algum motivo, procure um de nossos locais de vacinação, ajude a cidade a atingir a meta e proteja-se”, convocou a secretária.

Antecipação da segunda dose

Com relação a cobertura completa com as duas doses ou a dose única, são mais de 78 mil pessoas vacinadas, o que significa 55% da população vacinável estimada. Para acelerar a conclusão, Maricá reduziu de 12 para 8 semanas o intervalo entre a primeira e a segunda dose das vacinas Pfizer e AstraZeneca para todas as faixas etárias.

A medida foi autorizada pelo Ministério da Saúde (MS) e vai ser mantida por Maricá enquanto o município tiver doses em estoque. A segunda dose continua sendo aplicada de segunda a sexta-feira em todos os polos e UVV.

“Estamos avançando muito bem com a cobertura da segunda dose. Sabemos da importância dela para uma melhor proteção da população. Por isso, planejamos e não deixamos faltar em momento algum. Agora, com essa redução do intervalo dos imunizantes, esperamos acelerar ainda mais a nossa vacinação”, comemorou a coordenadora de Vigilância em Saúde Micheli Ferreira.

Dose de reforço

O calendário da dose de reforço também foi acelerado. A terceira dose está disponível para todos os idosos com 70 anos ou mais, desde que tenham seis meses ou mais da aplicação da segunda dose.

Os idosos devem apresentar um documento de identificação com foto e o comprovante de vacinação em um dos polos ou UVV. Os acamados podem receber em casa, basta fazer o agendamento com a unidade de referência.

A dose de reforço também está sendo aplicada nos imunossuprimidos (pessoas com imunidade baixa), de 18 anos ou mais, que podem se vacinar a qualquer dia.

Além de apresentar os mesmos documentos que os idosos, devem levar um laudo médico atualizado comprovando a condição de saúde. É necessário que haja um intervalo de 28 dias ou mais da aplicação da segunda dose.

Locais de vacinação repescagem, dose de reforço e 2ª dose:

Unidade de Saúde da Família (USF) Central; USF Jardim Atlântico; USF Chácaras de Inoã; USF Marinelândia; Unidade Volante de Vacinação (UVV) do Centro Administrativo de Itaipuaçu e do Aeroporto de Maricá. De segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

USF Barra, USF Inoã 2, USF São José 2 e USF Barroco, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 14h.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content