InícioRegião dos LagosCabo FrioMais de 16 mil cabo-frienses não retornaram para a 2ª dose contra...

Mais de 16 mil cabo-frienses não retornaram para a 2ª dose contra a Covid-19

Maior número de faltosos são pessoas que receberam a primeira dose da Pfizer, seguidos de Coronavac e AstraZeneca

A aplicação da dose de reforço (3ª dose) contra a Covid-19 em Cabo Frio já começou para alguns grupos prioritários e, apesar do avanço na imunização, mais de 16 mil pessoas ainda não retornaram para tomar a segunda dose da vacina na cidade.

Um levantamento do setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde aponta que 16.668 cabo-frienses estão com o calendário de vacinação atrasado. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (20).

Conforme o município, o mais número de faltosos são de pessoas que receberam a primeira dose da Pfizer, com 6.021 incompletos no ciclo vacinal. Em seguida, 5.900 moradores deixaram de tomar a segunda dose da Coronavac e 4.747 ainda não completaram o esquema vacinal com a AstraZeneca.

Em outubro, a prefeitura espera que 27.279 pessoas recebam segunda dose da vacina dos três laboratórios disponíveis dentro do prazo previsto. Em novembro, são aguardados 23.125 moradores, seguidos de 1.022 em dezembro.

Nesta semana, Cabo Frio decidiu antecipar o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina Pfizer de 12 para oito semanas para todos aqueles que receberam o imunizantes, independente da idade. A nova norma segue determinação do Ministério da Saúde. O grupo que já completou oito semanas, pode comparecer em qualquer unidade de saúde que aplique vacinas contra a Covid-19 para receber a 2ª dose do imunizante, das 9h às 15h.

Para receber a segunda das vacinas AstraZeneca e CoronaVac, o cidadão deverá se dirigir para os postos drive-thru, no mesmo horário, que atende qualquer pessoa que esteja no período para receber a segunda dose desses dois imunizantes, esteja ela a pé ou de carro.

Especificamente no caso da Coronavac, quem não quiser tomar a segunda dose no drive-thru pode procurar o Posto de Atendimento Médico (PAM) de São Cristóvão, ou as Estratégia Saúde da Família (ESF) dos bairros Vila Nova, Jardim Peró e Samburá.

Para receber a segunda dose da vacina, é preciso apresentar documento de identidade oficial com foto, CPF ou cartão do SUS, comprovante de residência com endereço de Cabo Frio, e também a carteira de vacinação comprovando que a aplicação da primeira dose foi realizada na cidade. Caso a data marcada no cartão de vacinação seja em um fim de semana ou feriado, o morador deve se imunizar no próximo dia útil à data agendada.

Letycia Rocha
Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida. Atuou como produtora/repórter na Lagos TV e Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo. Editora no Blog Cutback e colaboradora no jornal O Dia.
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content