InícioDestaque"Lute como uma poeta": Roseana Murray recebe alta após 13 dias de...

“Lute como uma poeta”: Roseana Murray recebe alta após 13 dias de internação por ataque de pitbulls em Saquarema

Escritora de 73 anos perdeu um braço e uma orelha ao ser atacada por três cachorros no último dia 5 de abril. Sua rápida recuperação surpreendeu a todos

Quinta-feira, 18 de abril de 2024. Esta data ganhou um novo significado para a escritora Roseana Murray, que, depois de ficar internada por 13 dias após ser atacada por três pitbulls em Saquarema, finalmente ganhou alta. Com direito a homenagem por parte da equipe do CTI do Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, ela foi liberada ainda pela manhã.

O caso ocorreu no dia 5 de abril, quando a escritora de 73 anos precisou ser socorrida pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros ao ser atacada por volta das 6h pelos animais. Segundo relatos, a situação só não foi pior porque um homem que estava passando pelo local no momento conseguiu afastar os cachorros no momento mais crítico.

A escritora foi encaminhada para o hospital em estado gravíssimo. Lá, ela passou por várias cirurgias e, durante o processo, perdeu um braço e uma orelha. O prognóstico não era dos melhores, entretanto, sua recuperação rápida surpreendeu a todos.

Momentos antes de sua alta, Roseana prestou um depoimento emocionante para uma equipe da TV Globo, destacando que depois dali, “será aluna de novo”.

“Para começar, eu tenho que aprender a escrever com a mão esquerda. Isso, para mim, é o mais importante. Eu vou ter que aprender muitas coisas, vou ser aluna de novo”, disse.

A escritora também fez questão de elogiar e agradecer aos profissionais que estiveram ao seu lado durante todo o processo de internação na unidade.

“Posso falar desse hospital, foi uma das coisas mais importantes da minha vida. Fiquei internada em bons hospitais, muitas cirurgias na minha vida. Nunca tinha sido internada em hospital do SUS e realmente nunca tinha conhecido nada igual, nada, em matéria de amor, carinho, organização. Tudo está acoplado em alguma coisa, uma imensa colmeia, estou me sentindo uma abelha rainha”, destacou.

Imagem: Gabriel de Paiva

Os funcionários do Hospital Estadual Alberto Torres também fizeram questão de demonstrar a reciprocidade do carinho, vestindo uma camiseta com os dizeres: “Lute como uma poeta” para homenageá-la.

A família também exaltou a positividade da autora.

“Acho que não tem nenhuma palavra no dicionário que possa traduzir tanta emoção. A força dela é inimaginável”, disse Evelyn Klingerman, irmã de Roseana. Antes de voltar para casa, a escritora ainda fez questão de recusar a ambulância, afirmando que queria fazer o trajeto de carro para ouvir a banda do filho tocar.

O ataque sofrido por Roseana foi registrado na 124ª DP (Saquarema), que agora investiga os delitos de maus-tratos a animais, lesão corporal culposa e negligência na guarda de animais.

Ana Beatriz da Conceição Dantas Pinheiro, Kayky da Conceição Ribeiro dos Santos e Davidson Ribeiros dos Santos, donos dos pitbulls envolvidos no ataque, foram presos mas já obtiveram habeas corpus, passando a responder ao processo em liberdade. Contudo, uma decisão do desembargador Gilmar Augusto Teixeira impõe que eles não tenham a guarda dos cães durante o período e proíbe a aquisição de novos animais domésticos até a decisão final do processo.

Em uma audiência de custódia, testemunhas descreveram que os cães frequentemente escapavam para a rua sem qualquer supervisão e mostravam comportamento agressivo para com as pessoas. Além disso, relatos também apontam que o portão da casa onde os animais viviam frequentemente ficava aberto, facilitando a fuga dos mesmos. Uma testemunha chegou a relatar que pediu anteriormente à família que elevasse o muro da propriedade para prevenir novas fugas.

A presença de uma médica veterinária também foi notada durante a audiência, onde ela comentou a ausência de um canil adequado ou de uso de focinheiras nos animais. Ela mencionou que, embora não acompanhasse regularmente os cuidados com os cães, podia afirmar que as condições em que estavam inseridos potencializavam a agressividade dos mesmos.

Com informações de G1 e O Globo.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo