Internações por Covid-19 na rede pública municipal estão zeradas há 15 dias em Cabo Frio

Cenário epidemiológico positivo no município reforça a importância da vacinação contra doença

348

Cabo Frio permanece há 15 dias com os leitos de saúde da rede pública municipal sem pacientes internados por covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico desta quinta-feira (9), o número de internações pela doença, seja na UPG ou enfermaria, está zerado.

A constância deste cenário no município reforça a importância do papel de cada cidadão para o enfrentamento do coronavírus. Neste momento, Cabo Frio está aplicando a dose de reforço em pessoas que tomaram a segunda há mais de cinco meses. Além deste grupo, o município segue realizando a repescagem em pessoas acima de 12 anos que ainda não tomaram a primeira dose da vacina. O calendário completo é divulgado no site da Prefeitura.

O secretário de Saúde, Felipe Fernandes, reforça que o avanço da vacinação reflete no quadro de internações na cidade, e convoca a população para completar o ciclo vacinal com todas as doses determinadas pelo Ministério da Saúde.

“Já vacinamos mais de 90% da população com a primeira dose, e mais de 70% já tem o ciclo vacinal completo. Então, a segunda dose e a dose de reforço são muito importantes, pois aumentam a proteção contra a covid-19 e ajudam a prolongá-la. Quem perdeu o prazo da aplicação, também deve comparecer para se vacinar. O estoque é separado em primeira e segunda dose, e as vacinas ficam reservadas. Quem está no período para aplicação da dose de reforço também deve procurar a unidade de saúde para se imunizar. O avanço da imunização é uma ação conjunta e conta também com cada cidadão que se vacina conforme o calendário”, diz Felipe.

A Prefeitura disponibiliza atendimento e testes para toda a população. Quem estiver com sintomas leves deve procurar as unidades de saúde próximas à residência, ou a tenda de atendimento para covid, localizada ao lado da UPA do bairro Parque Burle, para encaminhamento do teste de diagnóstico. Em caso emergencial, o atendimento é realizado nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui