InícioRegião dos LagosAraruamaIntegrantes de quadrilha especializada em estelionato contra empresas são presas em Araruama

Integrantes de quadrilha especializada em estelionato contra empresas são presas em Araruama

Investigações revelaram que os elementos criaram registros falsos para efetuar compras fraudulentas, causando consideráveis prejuízos financeiros às vítimas

Nesta quarta-feira (20), agentes da 108ª Delegacia de Polícia de Três Rios (108ª DP) prenderam duas pessoas em Araruama, desarticulando um grupo criminoso responsável por uma série de estelionatos contra empresas em diversos estados do Brasil. A ação foi realizada durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, onde os policiais encontraram o escritório utilizado pela organização criminosa e apreenderam materiais como notebooks, celulares, carimbos e anotações.

As investigações revelaram que os elementos criaram registros falsos para efetuar compras fraudulentas, causando consideráveis prejuízos financeiros às vítimas. Em um dos casos, uma empresa de São Paulo relatou um prejuízo de R$ 364 mil em uma venda fictícia de toneladas de leite em pó para um grupo que se fazia passar por representantes de uma distribuidora de alimentos em Goiás. A mesma empresa goiana teve o nome utilizado em outras fraudes pela quadrilha.

De acordo com a Polícia Civil, os valores das mercadorias envolvidas nas fraudes ultrapassaram R$ 350 mil em cada compra. As vítimas só percebiam o golpe quando o pagamento não era efetuado e a verdadeira empresa, ao ser contatada, negava a realização da operação.

No último domingo (17), os agentes da polícia localizaram parte do grupo enquanto separavam 14 toneladas de leite adquiridas de forma fraudulenta de uma empresa em Santa Catarina. Os estelionatários receberam a carga que seria distribuída em diferentes pontos de Três Rios, na Região Centro-Sul Fluminense, e em Juiz de Fora, em Minas Gerais. Na ocasião, quatro pessoas foram presas em flagrante.

Os seis envolvidos estão sendo investigados por associação criminosa e estelionato, tendo as prisões temporárias decretadas.

MTb 0022570/MG | Coordenadora de Reportagem | Site do(a) autor(a)

Pós-graduada em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi; e graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Atuou como produtora/repórter na Lagos TV, Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo, apresentadora na Rádio Costa do Sol FM e editora no Blog Cutback. É repórter no Portal RC24h desde 2016 e coordenadora de reportagem desde 2023, além de ser repórter colaboradora no jornal O Dia/Meia Hora. Também é criadora de conteúdo para a Web 3.0 na Hive.

Vencedora do 3º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental, na categoria web.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo