InícioRegião dos LagosCabo FrioInelegível, Marquinho lança esposa Kamylla Mendes para a pré-candidatura em Cabo Frio

Inelegível, Marquinho lança esposa Kamylla Mendes para a pré-candidatura em Cabo Frio

Kamylla disputará a prefeitura de Cabo Frio nas próximas eleições pelo MDB

Aconteceu na noite desta quarta-feira (28), o lançamento da pré-candidatura de Kamylla Mendes, esposa do ex-prefeito Marquinho Mendes, que disputará a prefeitura de Cabo Frio nas eleições de outubro pelo MDB. A cerimônia, que aconteceu em um hotel no Braga, contou com cerca de 100 pessoas.

Com as contas reprovadas pela Câmara Municipal no fim do ano passado, após parecer prévio do TCE pela rejeição das mesmas, o ex-prefeito está impedido de participar da corrida eleitoral, mas lançou a esposa para dar continuidade ao seu projeto político.

Em entrevista ao Portal RC24h, Kamylla garantiu que está pronta para o combate e conta com todas as pessoas que amam a cidade. “Depois que meu marido saiu a cidade foi definhando…Parece que a gente andou de ré”, declarou a pré-candidata.

Questionado se está tentando reproduzir outros exemplos de ex-prefeitos impugnados que lançaram suas esposas, como ocorre em Araruama e Saquarema, Marquinho disse que Kamyllla é infinitamente melhor do que os nomes citados, porque ela está apta para assumir a prefeitura, e que ele a vem preparando há muito tempo para sair de coadjuvante e ser protagonista.

Janio Mendes esteve presente ao lado do casal, reforçando o PDT na coligação. Ele, que é pré-candidato como vereador, foi questionado sobre a composição da chapa e sobre os possíveis nomes para o cargo de vice na disputa, mas, assim como os outros entrevistados, afirmou que não tem nada definido. Disse apenas que o PDT entrou na composição e certamente vai indicar um vice, mas tudo ainda está em um “processo de construção política”.

Confira as entrevistas:

Durante os discursos, Janio, que usou a palavra antes de Kamylla, agradeceu a presença da executiva do PDT e demonstrou seu apoio à pré-candidata, a qual afirmou ser “uma mulher de fibra e de garra”.

Já Kamylla, disse que a impugnação do marido se deu por “medo, inveja e desespero” das pessoas, mas afirmou que vai governar sempre em parceria com ele, juntando a experiência, conhecimento e capacidade de Marquinho, com o seu “olhar de mulher”.

“Eu e Marquinhos somos um só. Vocês vão votar em uma mulher e vão estar levando um casal”, completou.

Confira:

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo