Homem é recebido com facão ao tentar trocar botijão de gás em São Pedro da Aldeia

Ocorrência aconteceu neste domingo (22), no bairro São João; a vítima conseguiu trocar o bujão e não sofreu agressões

1792

Um homem foi surpreendido ao ser recebido com um facão quando tentou trocar um botijão de gás que veio com defeito em São Pedro da Aldeia, no domingo (22). Segundo a denúncia, ao chegar em casa depois da compra, percebeu que o produto que adquiriu no Ultragaz, do bairro São João, estava com defeito na rosca, o que impossibilitava o encaixe. Com isso, voltou ao local.

Ele chegou pouco antes das 13h, horário em que a distribuidora deveria fechar, mas, conforme o denunciante, já estava fechada. Foi então que começou a tocar a campainha e bater na porta, no intuito de ser atendido. O homem só não contava que seria atendido da forma que foi.

Um funcionário, que estava vestindo blusa listrada e calça verde, o recebeu com um facão em mãos. A fim de evitar alguma tragédia, ele iniciou uma gravação com o celular. “O rapaz veio pra cima de mim, foi a hora que me afastei e comecei a filmar”, afirma.

Nas imagens, a justificativa do funcionário é que a vítima estava “tentando arrebentar o portão”. Contudo, o denunciante diz que bateu na entrada, chamou e tocou a campainha, mas ele apenas soltou a faca quando percebeu que estava sendo filmado. “Ainda falei que estava com criança pequena em casa (…), não pedi favor, só quis trocar porque estava com defeito”, conclui.

O homem, que está bem, conta que conseguiu trocar o botijão defeituoso e que, segundo foi informado, o funcionário que o atendeu foi demitido. No momento, ele está tentando fazer o boletim de ocorrência.

A Ultragaz enviou uma nota sobre a situação. Confira na íntegra:

“A Ultragaz lamenta o ocorrido na cidade de São Pedro da Aldeia (RJ), no dia 23 de maio, e informa que trata-se de um ex revendedor, com o qual o distrato foi assinado no dia 25 de fevereiro. A empresa está tomando as providências judiciais para que o mesmo não faça uso da imagem da marca em nenhuma circunstância.

A Ultragaz reforça que repudia qualquer tipo de ação violenta e não admite esse tipo de comportamento por parte de revendedores parceiros ou qualquer outro agente ligado à companhia. A companhia mantém-se à disposição para prestar qualquer esclarecimento que se faça necessário”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui