InícioCovid-19Governo do Estado planeja arrendar Hospital Unilagos para atender pacientes de Covid-19...

Governo do Estado planeja arrendar Hospital Unilagos para atender pacientes de Covid-19 da Região dos Lagos

A informação foi dada com exclusividade pelo Secretário de Saúde de Armação dos Búzios, Marcelo Amaral

Na tentativa de desafogar o sistema de saúde, o Governo do Estado planeja arrendar o Hospital Unilagos, que fica em Cabo Frio, para atender pacientes de Covid-19 da Região dos Lagos. A informação foi dada com exclusividade pelo Secretário de Saúde de Armação dos Búzios, Marcelo Amaral.

O pedido foi feito pelo Prefeito de Armação dos Búzios, Alexandre Martins, na tarde deste sábado (20), considerando o colapso na saúde que atingiu a região. Antes disso, Dr. Marcelo Amaral, esteve em contato com o Secretário Estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves, cobrando a reabertura do Hospital de Barra de São João, que foi prometida em janeiro deste ano e ainda não foi realizada.

Em decorrência da situação alarmante, o governador em exercício Cláudio Castro acatou o apelo de Alexandre e marcou uma reunião com os prefeitos para a tarde deste domingo (21), às 16h, através de webconferência. A expectativa é que ainda esta semana, as tratativas tenham início a fim de desafogar o sistema de saúde.

Ainda não há data para reabertura, mas a situação é de emergência, visto que os municípios de Araruama, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia já estão classificados na Bandeira Vermelha, que indica alto risco de contágio do novo coronavírus. A alta taxa de ocupação de leitos de UTI destinados ao Covid-19 em Cabo Frio também acendeu o alerta.

O Hospital Unilagos, que foi desativado em setembro de 2020, conta com 20 leitos de UTI e 34 leitos de enfermaria equipados para o tratamento da Covid-19. O governo vai pagar R$3.000,00 por aluguel dos leitos de UTI e R$600,00 reais por leito de enfermaria.

O colapso das cidades

A situação dos municípios da Região dos Lagos, em relação ao Covid-19, é preocupante. Neste sábado (20), Araruama, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia foram classificadas pelo Estado do Rio de Janeiro com o bandeiramento de cor vermelha, que indica alto risco de disseminação da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Pacientes Graves (UPG) destinados aos infectados pela Covid-19 continua em 100% em São Pedro da Aldeia.

A situação de Cabo Frio também é alarmante. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, 92% dos leitos de UTI estão ocupados. Mesmo com pacientes internados em cidades vizinhas, a cidade consome uma média de 24 cilindros de oxigênio a cada 24h. Neste sábado (20), o Prefeito José Bonifácio teve que recorrer aos prefeitos de Búzios e Iguaba Grande para pedir cilindros. De acordo com a Prefeitura, existe uma fila para adquirir mais oxigênio hospitalar na empresa fabricante, a White Martins.

Paralelo a isso, também neste sábado, a cidade lamentou o falecimento de mais uma figura bastante conhecida, principalmente entre a população católica. Maria Lúcia menezes, que esteve a frente da Pastoral de Comunicação da paróquia de Nossa Senhora da Assunção perdeu a luta pelo vírus.

Emblematicamente no mesmo dia, turistas burlaram as barreiras sanitárias para entrar nas cidades, através de ônibus da Salineira, desobedecendo decretos municipais que visam diminuir o contágio da doença.

Com este cenário, fica a dúvida de que quanto tempo será necessário para que o Hospital Unilagos fique lotado também, tendo em vista que ele é regional e Cabo Frio já tem pacientes espalhados por várias cidades do estado? Fica também o alerta para a população, é necessário que todos sigam os protocolos recomendados e evitem sair de casa para o colapso não ser maior.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content