InícioRegião dos LagosCabo FrioFuncionários denunciam desligamento de enfermeira da ESF do Parque Burle, em Cabo...

Funcionários denunciam desligamento de enfermeira da ESF do Parque Burle, em Cabo Frio, por motivos políticos

Eles afirmam que Iamara, chefe do posto há 14 anos, teria sido afastada pelo vereador e líder de governo, Léo Mendes (DC), para dar espaço a uma enfermeira indicada por ele. Agora, relatos apontam intimidações por protestos pelo retorno da profissional

“Um por todos, todos por um”. Este é o lema que tem ecoado na vida dos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) do Parque Burle desde o desligamento, sem qualquer justificativa, da enfermeira Iamara, nesta quinta-feira (7), que estava à frente da unidade há 14 anos. Denúncias apontam que a demissão dela teria sido realizada a partir do pedido do vereador Léo Mendes (DC), para que a vaga fosse preenchida por outra profissional indicada por ele.

Eles denunciam, ainda, que teriam sido intimidados e ameaçados ao protestarem pelo retorno de Iamara ao posto.

A transferência da enfermeira surpreendeu a todos, incluindo profissionais e moradores. Isso porque, segundo relatos, ela atuava como chefe do posto desde a inauguração, sendo “reconhecida e defendida por todos”.

“A equipe toda está muito revoltada com essa decisão”, declararam os denunciantes, pontuando que: “Iamara é muito competente e tem um grande saber. Apenas foi transferida porque o vereador deu uma de coronel e enfiou a indicada no posto”.

Os profissionais do posto fizeram questão de declarar que não têm problema algum com a indicada por Léo Mendes, mas que “não vão engolir sem lutar. Todos os funcionários estão tremendamente tristes e indignados, sem contar com a população”.

Diante disso, os funcionários, população local e presidente da associação de moradores se reuniram para realizar um abaixo-assinado pelo retorno de Iamara à ESF.

O problema é que, ainda conforme denúncias, o vereador teria tentado intimidá-los com ameaças para que não continuassem com o protesto, enfatizando que, caso não acatassem, “seria pior”.

Inclusive, os funcionários emitiram uma nota de repúdio sobre a situação. Confira:

“O ESF PARQUE BURLE vem manifestar o seu repúdio ao desligamento da Enfermeira Iamara de nosso corpo de funcionários.

A mesma está a nossa frente desde a fundação da unidade, há 14 anos, tempo esse em que se dedicou integralmente para proporcionar o melhor acolhimento possível a população de nosso bairro.

Estamos consternados com essa notícia repentina e sem maiores explicações, visto o trabalho de excelência sempre prestado pela profissional.

Registramos aqui nosso desalento e indignação, pedindo sua volta imediata as funções de chefia nesta unidade.

Esf Parque Burle,
Cabo Frio, 08 de dezembro de 2023″.

A partir das denúncias, o RC24h entrou em contato com a prefeitura de Cabo Frio e com o parlamentar, questionando a veracidade dos fatos. Em áudio, Léo Mendes afirma que a situação não passa de um “mal entendido”. Confira:

A prefeitura ainda não se pronunciou.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo