Fiscalização autua 62 corretores de imóveis irregulares da Região dos Lagos

Dentre os ilegais, cinco porteiros foram autuados pelo Creci-RJ

513

Na última semana, de 31 de janeiro a 4 de fevereiro, a fiscalização do Creci-RJ realizou operações em Cabo Frio, Rio das Ostras, Arraial do Cabo, Búzios e São Pedro da Aldeia, autuando 62 contraventores que estavam exercendo ilegalmente a profissão de corretor de imóveis. Dentre os ilegais, cinco porteiros foram autuados.

Os fiscais visitaram 116 empresas, escritórios e estandes. Ao todo 35 denúncias foram cumpridas. O resultado detalhado inclui ainda 14 autuações por facilitar a atuação de contraventores e nove notificações.

O Conselho afirma que seguirá firme na valorização do corretor de imóveis e na defesa da sociedade, combatendo de forma incessante a contravenção em todo o estado. “Com esse foco vamos moralizar o mercado, retirando das ruas aqueles que não tem habilitação para exercer a profissão de corretor de imóveis”.

De acordo com o Creci-RJ, só é de fato corretor de imóveis aquele que possui registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis. “Exija o Creci! Dessa forma você estará negociando com um profissional devidamente habilitado no Conselho, o único que transmite toda a segurança nas negociações imobiliárias”, aconselha.

Para denunciar o exercício ilegal da profissão de corretor de imóveis, basta entrar em contato através do Whatsapp da Fiscalização (21) 99800-4882.

Companha de conscientização da sociedade também foi realizada

Na última quinta-feira (3), a fiscalização do Creci-RJ esteve nas ruas de Búzios em uma campanha de conscientização da sociedade sobre os caminhos corretos para uma locação por temporada segura. Na ocasião, através da distribuição do flyer “Aluguel por Temporada é coisa séria”, o foco foi mostrar os perigos de alugar um imóvel de temporada sem a intermediação do corretor. Da mesma forma, a ação buscou alertar os proprietários sobre como é indispensável a atuação deste profissional para identificar o inquilino ideal. Os fiscais visitaram estabelecimentos comerciais e distribuíram informativo da campanha para pedestres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui