InícioCulturaFesta julina solidária da Cultura tem show de forró e premiações em...

Festa julina solidária da Cultura tem show de forró e premiações em São Pedro da Aldeia

Live do “Arraiá Cultural” teve música ao vivo, ação social, sorteio de cesta de quitutes e divulgação dos vencedores do concurso virtual de trajes típicos

A live do “Arraiá Cultural” foi de muita música, ação social, diversão e premiações especiais nesta quinta-feira (29) em São Pedro da Aldeia. Promovido pela Secretaria Adjunta de Cultura, em conjunto com a Escola de Artes Municipal, o evento marcou as comemorações da tradicional festa julina e reforçou a arrecadação de alimentos não perecíveis em prol da campanha “Cultura Contra a Fome”. A programação contou com sorteio de uma cesta de quitutes, show com trio de forró e a divulgação dos vencedores do concurso virtual de trajes típicos. A festa teve transmissão ao vivo pela página da secretaria no Facebook (www.facebook.com/culturapmspa) e continua disponível para acesso na íntegra. 

O secretário adjunto de Cultura, Thiago Marques, destacou a preservação da tradição julina e do aspecto social dos eventos que a Cultura vem promovendo. “Foi um momento muito especial para todos nós comemorar essa grande expressão da cultura brasileira, que é a festa julina. Não podemos nos esquecer que, infelizmente, ainda estamos vivendo uma pandemia e que os seus efeitos ainda são muito sentidos pelo setor cultural. Por isso, mais uma vez estamos reforçando a nossa campanha de arrecadação de alimentos para ajudar os artistas e agentes culturais que estão em situação de vulnerabilidade. Cada doação é muito bem-vinda”, disse. 

Um dos pontos altos do Arraiá Cultural foi o show com o trio de músicos Jonathan Cunha (teclado), Leonardo Camacho (violão) e Alexandre Júnior (vocal). Os artistas apresentaram uma seleção de sucessos da música nordestina, que animaram o público de casa. Em ritmo de forró, xote e baião, a atração musical agradou os espectadores. “Sucesso de live, para aquecer os nossos corações”, escreveu Evana Peres. “Forró bom para esquentar o frio”, comentou Rosane Gonçalves. “Música boa”, enalteceu Eloisa Reis. 

Outro destaque da programação, muito aguardado pelo público, foi o sorteio ao vivo da cesta de quitutes típicos. Os cupons para o sorteio ficaram disponíveis na Biblioteca Municipal durante mais de um mês e a participação foi condicionada à entrega de um quilo de alimento não perecível. “Foi uma alternativa lúdica que encontramos para reforçar nossa campanha solidária e, ao mesmo tempo, trazer a gastronomia típica, como a pipoca, a maçã do amor, a canjica e outros quitutes, que são tão característicos das festas juninas”, explicou a diretora de Cultura e da Escola de Artes, Giselle Lima. Com o bilhete de nº 21, a grande sortuda foi Brianny Ottero. 

A programação do Arraiá também enalteceu os trajes típicos julinos, que fazem alusão ao estilo de vida caipira e às origens camponesas. Com faixa etária livre, o concurso cultural premiou três concorrentes que melhor atenderam aos quesitos “Criatividade”, “Originalidade” e “Tradição”. As fotos enviadas pelos candidatos foram analisadas por uma banca técnica e artística, composta pelos professores da Escola de Artes, Celina Portela, instrutora de ballet clássico e Diego Vivas, instrutor de ballet clássico e teatro, e pelo figurinista convidado, Reinaldo Patrício. Os vencedores foram Jillies Yani Tavares, Núbia G. Lisboa Coelho e Alice da Costa Mendonça.  

Os prêmios podem ser retirados na Casa da Cultura, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. O espaço fica localizado na Avenida Francisco Coelho Pereira, nº 255, Centro. 

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content