Início Armação dos Búzios Eleição antecipada da mesa diretora da Câmara de Búzios é suspensa pela...

Eleição antecipada da mesa diretora da Câmara de Búzios é suspensa pela ausência de vereadores

Grupo com cinco parlamentares que pressionaram para eleição ser posta em pauta não compareceu na sessão desta quinta (29) após líder do bloco, Lorram Silveira (PRTB), ser considerado foragido da Justiça

A sessão ordinária da Câmara dos Vereadores de Armação dos Búzios desta quinta-feira (29), que tinha na pauta a antecipação da eleição da mesa diretora da casa para o biênio 2023/2024 foi cancelada por falta de quórum.

Nenhum integrante do bloco de cinco vereadores, liderado por Lorram Silveira (PRTB), que estava pressionando o presidente atual da casa, Rafael Aguiar (REP), a realizar a eleição compareceu à sessão, que começou às 10h.

Nesta quarta (28), Lorram passou a ser considerado, pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), foragido da Justiça. Na ocasião, agentes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) procuraram pelo vereador em endereços dele em Búzios e não o encontraram.

A busca fez parte da operação Plastógrafos II, que acusa Lorram de crimes como corrupção passiva e estelionato por conta da venda de alvarás falsos enquanto ele chefe de Gabinete do ex-prefeito de Búzios, André Granado (sem partido). O vereador segue foragido, até a última atualização desta reportagem.

Ao longo da tarde desta quinta, o Portal RC24h tentou contato com os cinco vereadores que faltaram na sessão. Nenhum deles nos respondeu. Foram enviadas mensagens por aplicativo para Raphael Braga (DEM), Niltinho de Beloca (PROS), Gugu de Nair (DEM), Aurélio Barros (PATRI) e o próprio Lorram.

O presidente da Câmara, Rafael Aguiar, disse com exclusividade ao Portal que a pauta está trancada e será colocada em votação novamente em sessões extraordinárias, que serão realizadas nesta sexta (30) e no sábado (1º).

De acordo com o projeto aprovado na casa, a antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara de Búzios para o próximo biênio teria que ser realizada até dia 1º de maio. Caso não seja nesse período, apenas no final de 2022, quando termina o mandato atual, de Rafael Aguiar.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content