InícioDestaqueDefesa Civil inspeciona escola destruída por incêndio em São Pedro da Aldeia

Defesa Civil inspeciona escola destruída por incêndio em São Pedro da Aldeia

Escola Municipalizada Vital Brasil passou por perícia e terá nova avaliação das estruturas na segunda-feira (31)

A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia realizou uma vistoria técnica na Escola Municipalizada Vital Brasil, na manhã deste sábado (29). A unidade escolar, localizada no bairro Ponta do Ambrósio, foi atingida por um incêndio na noite desta sexta (28).

A inspeção do local visa apurar a causa do fogo e o governo municipal aguarda o resultado dos relatórios periciais do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil.

A Prefeitura informou que a área atingida foi isolada em uma ação acompanhada pelo secretário de Educação, professor Elias Valadão, e pela diretora da escola, Iara Azevedo.

Foto: Sarah Kerchner/PMSPA

Segundo o coordenador da Defesa Civil aldeense, Ricardo de Lima, uma nova visita será feita na manhã da próxima segunda-feira (31) com um engenheiro para avaliação das estruturas da escola, que já teve problemas constatados nessa primeira visita.

“Ainda pela manhã, surgiram pequenos focos de incêndio que foram rapidamente controlados. Estamos interditando a área atingida pelo fogo para evitar quaisquer riscos à população”, afirmou Ricardo.

“Neste primeiro momento, já podemos identificar o comprometimento da estrutura do prédio, com ao menos uma viga que está cedendo e com rachaduras. Solicitei a presença de um engenheiro na manhã de segunda-feira (31) para fazer a avaliação completa das estruturas”, relatou o coordenador da Defesa Civil.

Foto: Sarah Kerchner/PMSPA

O secretário de Educação lamentou o ocorrido e informou que a pasta está acompanhando de perto todo trâmite de relatórios da perícia.

“Em nome de toda a Secretaria de Educação, lamento profundamente o ocorrido e aguardo o laudo pericial que irá apurar as causas do incêndio. Estou avaliando, também, junto à direção da escola, como se dará o atendimento da unidade na próxima semana após análise das estruturas pelas equipes técnicas”, disse Elias.

Na noite de sexta-feira (28), a contenção das chamas foi realizada pelo Corpo de Bombeiros, que foi acionado ao local por moradores.

As equipes contaram com apoio da Defesa Civil Municipal e da Polícia Militar. O prefeito, Fábio do Pastel (PL), o secretário de Educação e a diretora da unidade estiveram presentes.

A escola, que era estadual, foi municipalizada em dezembro de 2019 e com a pandemia, estava atendendo cerca de 200 alunos do 1° ao 5° ano de forma remota, com atividades impressas.

O fogo atingiu principalmente a sala de arquivos, a diretoria da unidade e uma sala multifuncional. A gestão municipal ressalta que lamenta profundamente o ocorrido e presta solidariedade a toda comunidade escolar.

Andamento das investigações

A responsável pela 125ª DP, de São Pedro da Aldeia, Drª Camila Pegorim disse ao Portal RC24h que foi feita pericia de local e a diretora da escola foi ouvida. A delegada confirmou que foi instaurado inquérito e informações estão sendo levantadas.

Sobre a informação que circula na internet de que o fogo teria sido provocado porque havia indícios de que haviam mexido no botijão de gás do local, a responsável pelas investigações manteve cautela.

“Ainda não podemos afirmar isso. Só após o laudo pericial”, disse a autoridade.

Escola tradicional

A Escola Municipalizada Vital Brasil tem uma tradição que passa de 40 anos em São Pedro da Aldeia. Entre os ex-alunos da unidade está o ex-vereador Naldinho Linhares (SDD), que passou pelo local após o incêndio.

“Muito triste mesmo. Uma escola que eu fui criado ali dentro. Passei de manhã lá, tudo destruído. Uma tristeza muito grande”, lamentou Naldinho.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content