Decisão sobre realização do Carnaval gera impasse em Cabo Frio

Prefeito se comprometeu a tomar uma decisão até dia 17; secretário de Turismo chegou a confirmar cancelamento do evento nesta terça-feira (4), mas recuou e disse que “tendência é cancelamento”

972

A realização – ou não – do Carnaval 2022 em Cabo Frio virou motivo de impasse na Prefeitura. Nesta terça-feira (4), o secretário de Turismo, Carlos Cunha, chegou a confirmar o cancelamento das festividades.

Contudo, na sequência, Cunha recuou e disse que “tendência é pelo cancelamento”.

O Portal RC24h entrou em contato com o prefeito cabo-friense, José Bonifácio (PDT), nesta quarta (5) para saber qual a posição final. Zé informou que vai se reunir com outros prefeitos da região a fim de tomar uma decisão conjunta.

Segundo ele, o posicionamento oficial deve ser feito até dia 17 de janeiro.

A reunião comentada pelo prefeito de Cabo Frio deve ser, sobretudo, com as cidades vizinhas, como São Pedro da Aldeia, Armação dos Búzios e Arraial do Cabo.

Bonifácio acredita que, limitando o carnaval de rua, dá para controlar o contágio já que bailes em clubes e boates podem exigir passaporte vacinal, uso de máscara e limitar o público, ao contrário das avenidas abertas.

Nesse sentido, o cancelamento estudado é do desfile de blocos.

Contexto

A terça-feira foi de cancelamento da folia de rua em cidades importantes do Estado do Rio. A primeira foi Maricá, na Região Metropolitana.

O prefeito Fabiano Horta (PT) usou o Twitter para informar a suspensão da programação de carnaval na cidade devido ao avanço da Ômicron, variante da Covid-19, no estado.

Na sequência, foi a vez do prefeito carioca, Eduardo Paes (PSD), se posicionar. Folião de carteirinha, Paes confirmou que não haverá desfiles de blocos, mas o carnaval na Sapucaí segue confirmado.

O prefeito disse que chegou a ser oferecido aos patrocinadores realizar os blocos em locais fechados, como o Parque Olímpico, para controle das regras sanitárias de combate à Covid-19, contudo a proposta não seduziu representantes dos blocos, que enfatizam a ligação com os territórios tradicionais por onde desfilam.

A Prefeitura de Niterói seguiu as vizinhas e não vai realizar carnaval de rua. O município foi além e vetou até mesmo festas privadas.

A única atração mantida é o desfile das escolas de samba na rua Conceição, no Centro. Contudo, os foliões terão que apresentar o passaporte da vacina e deverão usar máscaras para acompanharem os desfiles das arquibancadas. O cancelamento do desfile também não é descartado.

“Vamos seguir acompanhando a situação da pandemia na cidade e na Região Metropolitana ao longo das próximas semanas, podendo restringir, inclusive, o desfile das escolas da rua da Conceição”, afirmou a Prefeitura niteroiense.

Panorama de Cabo Frio

Em um momento delicado de avanço da Covid-19 e surto de gripe, Cabo Frio informou, nesta terça, que foram registrados quatro óbitos por influenza na cidade no mês passado.

Com relação à doença causada pelo SARS-CoV-2, foram 924 óbitos desde o inicio da Pandemia, em março de 2020. Sete dessas mortes foram confirmadas entre 28 de dezembro e 03 de janeiro.

O Portal RC24h continua em contato com a Comunicação e com o prefeito cabo-friense para saber da decisão final sobre a realização do carnaval no município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui