Costa do Sol terá esquema especial no fornecimento de energia durante o verão

Concessionária realizou ações de melhoria da rede, manutenção e novas conexões para suprir o aumento da demanda causado pela época mais quente do ano

366
fornecimento de energia

As cidades da Costa do Sol terão um esquema especial no fornecimento de energia elétrica durante o próximo verão. A concessionária responsável elaborou um plano com o objetivo de suprir o aumento da demanda causado pela época mais quente do ano e pelas tempestades sazonais da estação.

Conforme a Enel Distribuição Rio, a companhia vai reforçar a equipe de operação e manutenção da rede elétrica durante o período e uma série de manutenções preventivas já foram realizadas.

De janeiro a outubro, a empresa realizou inspeções constantes para avaliar as condições do sistema de distribuição. Neste ano, foram vistoriados 18.890 km de rede utilizando a tecnologia de helicópteros e drones, além de 15.840 km com a ajuda da tecnologia de carros equipados com termovisão. A iniciativa permitiu a identificação e correção de cerca de 60 mil possíveis falhas na rede da companhia.

Além disso, as equipes executaram mais de 50 mil podas preventivas, para evitar interrupções de energia por queda de árvore ou contato de galhos na rede elétrica.

“Temos o compromisso de investir na modernização e automação da rede, sempre evoluindo com a qualidade do fornecimento de energia da nossa área de concessão. As inspeções realizadas com uso de novas tecnologias, como drones, helicópteros e carros com termovisão, são alguns dos exemplos de inovação integrada às nossas ações de manutenção preventiva contínua. A tecnologia se une à atividades essenciais, que sempre realizamos, como poda de árvores de grande porte, correções de defeitos e a lavagem da rede, e que foram reforçadas nos 66 municípios de atuação da distribuidora para garantirmos a qualidade do nosso serviço”, afirma Anna Paula Pacheco, presidente da Enel Distribuição Rio.

A concessionária realizou obras de ampliação e modernização de subestações, construção de linhas de transmissão, instalação de 500 novos para-raios em 4 linhas de transmissão e aumento da capacidade total da companhia em 99,6 MVA, além de instalação de cerca de 500 equipamentos telecomandados, totalizando cerca de 6.711 equipamentos instalados em toda a área de concessão, entre chaves e religadores de rede.

Essa tecnologia permite que a distribuidora identifique e isole remotamente e com maior rapidez as falhas ocorridas na rede, reduzindo a necessidade de deslocamento de equipes e o tempo de normalização. Em casos de interrupção no fornecimento, é possível também reduzir o número de clientes afetados graças a uma maior seletividade da rede elétrica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui