Condenado por estupro é morto a tiros em Macaé; apontados como autores do crime são presos pela PM

Homem utilizava tornozeleira eletrônica e foi identificado como Rafael Pessanha Nunes; crime aconteceu no domingo (8)

1104

A Polícia Militar (PM) prendeu quatro acusados de matar um homem no bairro Lagomar, em Macaé, na noite deste domingo (8). O crime teria sido cometido por uma “guerra de facções”, segundo a polícia. Os elementos foram capturados na Virgem Santa, horas depois do assassinato. A vítima era condenada por estupro.

Conforme a PM, uma guarnição realizava um patrulhamento pelo Lagomar quando recebeu informações sobre um homem vítima de arma de fogo na Rua W24. Ao chegarem no local, encontraram a vítima, que utilizava uma tornozeleira eletrônica, já sem vida. O corpo removido para o Instituto Médico Legal (IML) e identificado como Rafael Pessanha Nunes, de 32 anos.

Horas depois, agentes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) foram informados de que elementos de uma facção criminosa estavam em um automóvel Volkswagen Gol de cor escura, saindo da comunidade do Botafogo, para atacar a facção criminosa rival, no Lagomar. Já cientes do homicídio, os policiais efetuaram um cerco tático na Linha Azul, no bairro Virgem Santa e localizaram o veículo, dando ordem de parada. O motorista não obedeceu e entrou em fuga, perdendo o controle em seguida e colidindo contra um poste de energia elétrica.

Os quatro ocupantes do carro, identificados como J.L.S., de 22 anos, A.S.R., de 19, V.M.R.C., de 21, e C.E.E.S.P., de 20, foram detidos com três pistolas, carregadores e munições, além de três aparelhos celular. Eles foram encaminhados para o Hospital Público Municipal (HPM), onde receberam atendimento médico após a colisão e, em seguida, levados para a 123ª Delegacia de Polícia (123ª DP), onde permaneceram presos por homicídio, associação criminosa, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui