Construção da sede da colônia de pescadores começa em Iguaba

A obra é custeada pela Prolagos

148

A construção da sede da Colônia de Pescadores de Iguaba Grande (Z-29) começou nesta terça-feira (19). O espaço de 110m² contará com recepção, almoxarifado, três banheiros, sala da presidência e um salão para reuniões. A obra realizada pela Prolagos, tem prazo de duração de cinco meses e irá proporcionar estruturação para a classe pesqueira, possibilitando a realização de reuniões, capacitações e consequentemente, do desenvolvimento da colônia e da pesca artesanal.

O presidente da Colônia Z-29, Cícero Vanderley Neto, acompanhou de perto o início da obra. “Somos muito gratos à Prolagos que está realizando um sonho que temos há mais de 20 anos. Com a sede, os pescadores poderão fazer suas reuniões, festas e será um ponto de encontro para que possamos nos organizar a cada dia mais”, relata Cícero. 

A sede ficará localizada na Rua Projetada A, no bairro Cidade Nova, ao lado da Vila dos Pescadores. O terreno foi cedido pela prefeitura do município. “Esse é um grande passo para a comunidade pesqueira, que só foi possível agora com a parceria entre o município e a concessionária. Nossa gestão está muito entusiasmada com essa obra”, ressalta o prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins.

A realização da obra foi definida após reunião com os líderes de todas as colônias da região, onde foi detectado que a única instituição que não possuía sede própria, era a de Iguaba Grande. “Nossa intenção é proporcionar estruturação desses profissionais de forma a otimizar o potencial da profissão e dos produtos oriundos da atividade pesqueira, estimulando o desenvolvimento individual, educação e melhoria da renda e qualidade de vida”, pontua Pedro Freitas, presidente da Prolagos.

A construção é uma iniciativa do projeto ‘Impulso’, através do subprojeto ‘Vida na Lagoa’, ação voltada para os pescadores, que tem como foco a promoção do desenvolvimento de pessoas, famílias e comunidades de forma sustentável, envolvendo desde uma estrutura de governança local, até o fortalecimento dos indivíduos para atuarem no mercado de trabalho, preservando sua história, cultura e apoiando o desenvolvimento turístico das cidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui