Início Covid-19 Cláudio Castro ignora o próprio decreto e faz evento para comemorar aniversário...

Cláudio Castro ignora o próprio decreto e faz evento para comemorar aniversário em Itaipava

A reunião para 20 convidados aconteceu no mesmo dia em que o estado bateu um novo recorde no número de pessoas na fila de espera por um leito de UTI Covid

O governador em exercício Cláudio Castro promoveu, neste domingo (28), um evento em comemoração ao seu aniversário de 42 anos, completados nesta segunda-feira (29), em uma casa no bairro de Itaipava, em Petrópolis, Região Serrana do Rio. O evento aconteceu dois dias após o governador pedir para a população ficar em casa e evitar aglomerações. Pelo menos 20 pessoas estavam no local, todas sem máscara. A informação foi divulgada pelo colunista Ancelmo Gois, de O Globo, e as imagens foram reveladas pelo RJTV2, da Globo.

Castro não somente desrespeitou o decreto estadual, como também desobedeceu o decreto municipal de Petrópolis, que proíbe aglomerações e a realização de festas de aniversário, mesmo em ambientes privados, durante a pausa emergencial, que vai até domingo (4). Na sexta-feira (26), o governador em exercício pediu para que os moradores do Rio de Janeiro evitassem aglomerações. “Não é hora de fazer festa, tem muita gente morrendo, muita gente na fila de hospital, esse é um feriado para ficarmos em casa, evite aglomeração”, disse ele horas antes de viajar para a região serrana com a família.

Um funcionário, que estava na organização do evento, contou ao RJTV2 que os convidados estavam alcoolizados e não pareciam se importar com o evento irregular. Na frente da casa, haviam 12 carros estacionados. Nas suas redes sociais, Castro tentou se defender dizendo que não houve festa, mas sim uma reunião familiar.

Com a repercussão, Cláudio Castro admitiu erro e pediu desculpas à população fluminense. “Em relação à repercussão que teve sobre o meu aniversário, no último domingo (28), eu queria dizer que foi um almoço para os meus familiares, [com] pessoas que vivem comigo, diariamente. Realmente alguns amigos acabaram aparecendo, e queria pedir desculpas para toda a população fluminense, reconhecer o meu erro. “Mas eu tenho trabalho muito duro. Hoje mesmo foi o dia que não parei o dia inteiro. Falei com o ministro da Saúde [Marcelo Queiroga], falei com os prefeitos e secretários de Saúde da região sul fluminense. Não tenho dúvida que as medidas que estamos tomando são as medidas corretas para este momento”, disse Castro, em vídeo publicado nas redes sociais.

A festa de Cláudio Castro aconteceu no mesmo dia em que o estado bateu um novo recorde no número de pessoas na fila de espera por um leito de UTI para covid-19. Até o domingo (28), 710 pacientes aguardavam uma vaga de tratamento intensivo na rede pública. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde. O número tem crescido diariamente: eram 634 pessoas na fila na sexta-feira, e 678 no sábado. A média de espera da solicitação até a reserva em vaga de UTI está em 20h. Ao todo, 118 pessoas em leito de UTI adulto, uma taxa de ocupação em 92,4%. Em relação aos leitos de enfermaria, há 105 pessoas ocupando e outras 279 na fila, uma taxa de ocupação de 78,9%.

Petrópolis registrou, até esta segunda-feira, um total de 24.307 casos desde o início das estatísticas. A cidade tem 666 óbitos confirmados pelo coronavírus. Neste momento, 136 pessoas estão internadas em leitos de UTI privados e pelo SUS. Outras 177 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 73,68% e 89,91% em leitos de UTI.

Procurada, a Prefeitura de Petrópolis informou que a Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública não recebeu denúncias sobre a festa e que tomou conhecimento do fato na noite de domingo, após divulgação pela imprensa. “Uma equipe de fiscalização foi acionada, mas não havia mais movimentação no local. O condomínio onde o evento foi realizado, na BR-040, está sendo intimado sobre a necessidade de cumprir os decretos municipais”.

*Com informações do Jornal O Dia.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content