Cavalos-Marinhos são encontrados na orla de Iguaba Grande

A prefeitura, junto com o Projeto Cavalos-Marinhos RJ, iniciou uma campanha de conscientização e prevenção da espécie na cidade

443

A orla de Iguaba Grande está entre os locais da Região dos Lagos mapeados pelo Projeto Cavalos-Marinhos/RJ, que é possível encontrar o novo morador. O aparecimento de cavalos-marinhos na Lagoa de Araruama têm despertado a curiosidade e interesse de muitos. Por isso, uma campanha informativa está sendo promovida pelo Projeto Cavalos-Marinhos, do Rio de Janeiro, em parceria com a prefeitura da cidade e a Universidade Santa Úrsula para evitar que a população manuseie o animal, que pode ser visto em diversos trechos.

Os Cavalos-Marinhos chamam a atenção de moradores e veranistas e jamais tinham sido vistos em Iguaba. Atentos à necessidade de cuidar desses animais que são ameaçados de extinção, foram instaladas placas informativas em toda a orla do município explicando sobre a biologia dos cavalos-marinhos, as ameaças que eles sofrem através da captura para o mercado de aquariofilia e venda dos animais secos.

“É muito importante ressaltar que esses animais são protegidos pela portaria 445 do Ministério do Meio Ambiente, que proíbe a captura, transporte, armazenamento e comercialização dos cavalos-marinhos. Portanto, é importante que toda população ajude nos cuidados com esses animais”, disse a coordenadora do Projeto Cavalos-Marinhos, Natalie Freret-Meurer.

Os interessados em ajudar a proteger os locais podem fazer através do programa de ciência cidadã, desenvolvido pelo Projeto Cavalos-Marinhos/RJ, onde ao avistarem pontos com os animais na orla da cidade, pode mandar mensagem pelas redes sociais do próprio projeto e informar o local e a data de avistamento. Esse projeto vai ajudar a mapear todas as localidades e periodicidade em que os animais são vistos.

“A orla de Iguaba tem sido muito procurada por banhistas e praticantes de esportes náuticos, por isso, necessitamos da contribuição de todos para o cuidado desses seres tão sensíveis. Encontrar Cavalos-Marinhos na orla é um sinal bem claro que a Lagoa de Araruama está viva e em evolução e todos devem fazer sua parte para a vida de todo ecossistema”, comentou o secretário de Meio Ambiente, Vinícius Lavalle.

Inicialmente, as placas foram instaladas na praia dos Ubás, mas a ação também irá se estender para outros pontos de toda a orla da cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui