Búzios registra primeiro caso da variante Ômicron

Variante foi identificada em um laboratório no Rio através de sequenciamento genético de amostras positivas da COVID-19

574

A cidade de Armação dos Búzios registrou o primeiro caso confirmado da variante Ômicron da COVID-19.

A equipe de viligância Epidemiológica buziana conseguiu identificar a variante através de sequenciamento genético de amostras virais positivas para Sars-Cov-2 enviadas para um labortatório no Rio de Janeiro.

De acordo com a Prefeitura, as pessoas que apresentarem qualquer sintoma da doença deverão se dirigir a uma das tendas de pronto atendimento nos bairros da, como o recém-inaugurado na Ferradura, e no Hospital Rodolpho Perissé.

Os postos de saúde estão realizando diariamente a testagem para Covid-19 e gripe Influenza.

Explosão de casos

Segundo dados disponibilizados pela Prefeitura nos boletins da COVID-19, o número de atendimentos de novembro até agora é de 6.849. Desses, 104 casos positivos foram identificados. Não houve óbitos.

Um crescimento exponencial, no entanto, é notado se compararmos os dados mês a mês.

Em novembro, foram 919 atendimentos com 29 casos positivos da doença. Em dezembro, 4.110 pessoas foram atendidas e apenas seis tiveram diagnóstico de COVID-19.

Contudo, em apenas 10 dias, janeiro já teve 1.820 atendimentos, com um total de 69 pessoas diagnosticadas com a doença. Portanto, em 10 dias, houve um aumento de 1.050% em relação ao período de 31 dias do mês anterior.

O que não tem acompanhado o crescimento de casos positivos é o número de internados. Apenas uma pessoa em cada mês ocupou leito na rede de saúde do município.

Um dos fatores que pode ter contríbuido com isso é a taxa de 90% da população vacinada com a 2ª dose. Além disso, Búzios já iniciou uma campanha de vacinação da 4º dose para imunossuprimidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui