BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA TERÇA-FEIRA (31)

José Bonifácio e as articulações em nome dos grandes; as obras de Fábio do Pastel, enquanto Câmara segue dividida sobre PL do subsídio para Salineira; Alexandre Martins recebe atletas para assinar contratos com a Prefeitura; por livre e espontânea pressão, Lívia de Chiquinho marca a live para falar do hospital de São Vicente; Iguaba nos preparativos para aniversário; fundo soberano bilionário de Maricá; vereador de Arraial se aproxima de ex-prefeito; e muito mais...

1605

A PAUTA DO MOMENTO

A coluna Boca Miúda desta terça-feira (31) começa por Cabo Frio, onde a cada dia surge um novo desgaste para perturbar a administração do prefeito José Bonifácio (PDT). A bola da vez é a polêmica do estacionamento rotativo e do fim da isenção da taxa para carros com a placa da cidade. Zé tem dito por aí, até mesmo em entrevistas, que o objetivo dele com a atitude é encerrar a atuação dos flanelinhas em Cabo Frio. Mas será que o alcaide pretende convencer alguém com essa história? Os flanelinhas, mesmo com o parquímetro a todo vapor continuam praticando a ação ilegal de cobrar valores, muitas vezes, exorbitantes, para estacionamento em pontos públicos, como o Boulevard Canal e a Praia do Forte. Achar que tributar os moradores de Cabo Frio nos estacionamentos do município vai resolver a questão não passa de falácia ou até mesmo ingenuidade. Quem poderia acreditar? A atuação do município beira o escárnio, já que a população só foi consultada sobre a questão por iniciativa do presidente da Câmara, Miguel Alencar (UNIÃO), que não deixou a matéria entrar em pauta sem audiência pública, a ser realizada no dia 13.

EM NOME DOS GRANDES

Sobre a justificativa estapafúrdia de Zé para os projetos seria muito mais digno, justo e crível o prefeito dizer simplesmente que acha que a empresa responsável pelo parquímetro deveria faturar mais. Assumir que é uma medida para aumentar as receitas da instituição, assim como ele fez com a Enel em outubro do ano passado quando parcelou uma dívida de R$25.637.166,16 em apenas 36 vezes, como se os repasses mensais de quase R$ 692.896,38 não fizessem falta a cidade, abarrotada em buraqueiras e com queixas em diversos setores, especialmente na saúde. Aos olhos do governo atual, parece mais fácil privilegiar o estrangeiro, como a Enel, que é uma gigantesca multinacional italiana. É uma clara preferência em mandar o dinheiro dos contribuintes cabo-frienses para lá em pouquíssimas parcelas do que investir na própria cidade, nos próprios microempreendedores e empreendedores da terra. O governo parece não enxergar a própria gente. Por isso é tão cobrado sob alegação de governar para os grandes.

RECADASTRAMENTO DOS SERVIDORES

Nesse ínterim, outra cacetada recente que o governo José Bonifácio levou diz respeito ao recadastramento dos servidores. Entre os documentos pedidos estava título de eleitor, WhatsApp e e-mail dos funcionários da Prefeitura em ano eleitoral. Quem não fez, ficou sem pagamento. Os internautas questionaram a coincidência de um recadastramento com esse formato ser aplicado justo em ano em que o fiel escudeiro do prefeito é pré-candidato a deputado estadual. “Para quem lutava contra o coronelismo de Alair, contra o nepotismo e a farra do dinheiro público de Marquinho e contra a descarada máfia de Adriano, parece que a crítica era ao amadorismo dessas práticas, porque, agora, tá bem profissional”, escreveu um internauta. O professor Rogério, um lacrador da cidade chamou a atenção para a situação que quase passou despercebida… quase.

NEM TUDO SÃO CRÍTICAS

Para não dizer que não falamos das flores, para os 16.301 servidores da administração pública, tá tudo bem. O salário de maio foi depositado ainda no corrente mês, na sexta-feira (27). O compromisso de pagar toda a folha salarial no prazo tem sido cumprido pela atual gestão. Que bom que pelo menos dos 234 mil habitantes de Cabo Frio, 16 mil têm motivo para elogiar o governo. Com isso, fica a esperança de que o braço direito do prefeito, Janio Mendes, consiga sua eleição para a Alerj. A gente só lembra que mesmo com 15 mil servidores, Dr. Adriano Moreno, quando tentou reeleição para prefeito em 2020, teve 1.231 votos, abaixo da votação de 13 candidatos a vereador e a exata quantidade de eleitores que conquistou Davi Souza (PDT) na vereança, aliás, outro pupilo de Bonifácio, que tenta se eleger deputado federal com apoio da máquina municipal.

A FARRAS DOS ESPETÁCULOS

A propósito da polêmica envolvendo o cantor Gusttavo Lima e o escândalo dos shows caríssimos, nos quais o sertanejo chegou a cobrar R$1 milhão para se apresentar em cidades do interior que mal tem asfalto, a gente já viveu essa realidade em Cabo Frio. Para quem não se lembra, Alair Corrêa, quando prefeito da última vez, fez um festival de réveillon em 2014 com 10 dias de shows ininterruptos, trazendo nomes como Thiaguinho, Anitta, O Rappa e Paula Fernandes. A população não dava nem conta de assistir tantos shows. Esse esquema aí já é velho, manjado e, pelo visto, não sai de moda.

OBRAS A PERDER DE VISTA

Não é novidade para ninguém o banho de asfalto que São Pedro da Aldeia está recebendo. Confomre você leu nesta coluna, a Prefeitura deu início, na segunda-feira (30), a algumas obras. Entre elas, as ações de drenagem e pavimentação da Rua Waldomiro Ferreira de Souza e da Travessa Pedro Tavares da Costa, no bairro Vinhateiro. O prefeito, Fábio do Pastel (PL), e o secretário de Obras e Desenvolvimento Urbano, Fernando Frauches, acompanharam o começo dos serviços, que visa melhorar a qualidade de vida dos moradores do local. Mas não é só por lá. Pastel já começou a manhã desta terça (31) nas redes sociais avisando aos moradores de Balneário e Praia Linda, das ruas Leopoldina Alcântara Valente e Palmira Marques, também receberiam intervenções. “É obra para todo lado”, destacou Fábio.

CÂMARA DIVIDIDA

A Câmara dos Vereadores de São Pedro da Aldeia parece bem dividida com relação ao Projeto de Lei da Prefeitura para subsidiar a operação da Auto Viação Salineira no município. O PL está preso há algumas semanas para análise dos edis e deve ser finalmente posto em pauta nesta quinta (2). O vereador Isaías do Escolar (PROS), presidente da Comissão de Serviços Públicos, adiantou a coluna que é contrário a concessão do subsídio, acompanhando o parecer do Ministério Público que disse não ver com bons olhos a ação. Com isso, o parlamentar acredita que não existe consenso entre os pares e, portanto, não dá para prever se o projeto vai ser aprovado ou não.

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Por falar em São Pedro, a audiência pública de prestação de contas da Prefeitura destacou o equilíbrio orçamentário e financeiro do município. O evento foi realizado nesta segunda-feira (30), na Câmara Municipal, e apresentou os dados do 1⁰ quadrimestre de 2022 da Controladoria-Geral do município e da secretaria de Saúde. Os investimentos na saúde superaram o mínimo necessário de aplicação e, de acordo com a Associação Brasileira de Orientação Profissional (ABOP), o índice de execução orçamentária da receita foi considerado ótimo.

RECEBEU ATLETAS

O prefeito de Armação dos Búzios, Alexandre Martins (REP), recebeu, nesta segunda-feira (30), jovens do programa “Bolsa Atleta” para assinar o contrato de bolsista e do termo de responsabilidade para aquisição das bandeiras que os intitulam representantes esportivos da cidade. “Tenho um olhar especial para o esporte, pois tem resultados expressivos na vida das pessoas. Assim como a educação, o esporte transforma”, definiu Alexandre. O secretário de Lazer e do Esporte, Gugu Braga, participou da ação. O termo de responsabilidade para aquisição das bandeiras que o intitulam representantes esportivos do município também foi assinado na ocasião. No total, 49 atletas foram deferidos e poderão representar a cidade de Búzios de forma individual. A bolsa oferecida pela prefeitura auxilia nos custos e possibilita que os moradores da cidade levem o nome de Búzios para competições realizadas em outras cidades.

APROVADOS NA SESSÃO

Ainda em Búzios, a Câmara Municipal aprovou nesta terça-feira (31) a suplementação de dotações orçamentárias do Fundo Municipal de Saúde no valor R$ 16.656.176,59. As dotações suplementadas são Outros Serviços de Terceiros – pessoa jurídica nos programas de gestão da atenção primária da saúde e de gestão da atenção especializada ambulatorial e hospitalar. Os recursos serão provenientes de superávit financeiro, fonte 004- Royalties Produção. O projeto de iniciativa do Poder Executivo segue para sanção e publicação da lei. Também foi aprovado o requerimento que solicita ao Poder Executivo a cópia de inteiro teor do processo de contratação da empresa de serviços de arbitragem do Campeonato de Futebol de Armação dos Búzios em 2021. O Requerimento de autoria do vereador Gugu de Nair (UNIÃO) será encaminhado ao Poder Executivo. Conforme o Regimento Interno, o prazo para resposta ao Requerimento é de 30 dias.

PROJETOS NA CCJR

O Legislativo buziano também recebeu novos projetos encaminhados à Comissão de Constituição, Justiça e Redação nesta terça-feira (31). Um deles é do Poder Executivo e visa alterar a nomenclatura de identificação das escolas Professora Lydia Sherman e Eva Maria Conceição Oliveira, localizadas em território quilombola. As escolas passam a ser denominadas, respectivamente, Escola Municipal Quilombola Professora Lydia Sherman e Escola Municipal Quilombola Eva Maria Conceição Oliveira. O outro projeto encaminhado é de autoria do vereador Victor Santos (REP) e pretende instituir a Semana de Conscientização dos Direitos dos Animais no Município, a ser realizada anualmente na semana que antecede o dia 04 de outubro: Dia Internacional do Animal. A campanha prevê ações de conscientização sobre abandono e maus tratos dos animais, eventos de adoção de animais e mutirões de castração.

ENFIM, RESPOSTAS?

Por conta da repercussão e proporção que o anúncio da transferência das cirurgias e internações da unidade para o Hospital Geral Drª Jaqueline Prates, no Centro, tomou, a prefeita de Araruama, Lívia de Chiquinho (PP), foi pressionada e enfim marcou uma live para explicar o projeto que tem para a unidade. A chefe do Executivo, que não foi a reuniões e encontros propostos pela população, fará uma transmissão na próxima terça-feira (7), às 19h, em ambiente reservado e controlado, longe das críticas. Quem sabe assim não repete a grosseria que fez com uma ex-servidora que cobrou sobre o hospital nas redes sociais na qual a prefeita faltou chamar a internauta de vagabunda, dizendo que ela era preguiçosa e precisava aprender a trabalhar. A prefeita prometeu ainda anunciar novo pacotão de obras e falar sobre as que estão em andamento.

CONTAS APROVADAS

A Câmara de Araruama aprovou, nesta terça-feira (31), dois pareceres favoráveis do Tribunal de Contas do Estado (TCE) às prestações de conta do ex-prefeito Miguel Jeovani. Os anos apreciados foram 2015 e 2016. Apesar do atual governo ter a maioria dos vereadores, o parecer foi aprovado por unanimidade.

NOS PREPARATIVOS PARA O ANIVERSÁRIO

A Prefeitura de Iguaba Grande já começou a anunciar mudanças para preparar a cidade para os festejos de aniversário, que serão realizados a partir da próxima terça-feira (7). Nos dias 2 e 9 de junho a feira livre, que é realizada toda quinta-feira na praça da Estação, será montada na rua Marques Garcia, no terreno ao lado da Unidade de Pronto Atendimento. À propósito, nesta quarta-feira (1º), a secretaria de Turismo, Esporte e Lazer realiza as inscrições para a Feirinha Criatividades da Terra – Especial Festa Junina que acontece na Praça Edyla Pinheiro, excepcionalmente no dia 18 de junho, devido a agenda de shows do aniversário da cidade. A Prefeitura, por sinal, precisa pensar também na estrutura. Não dá para subestimar o alcance de atrações, como Vitor Kley e Dilsinho, que devem arrastar uma multidão para o município. Se em São Pedro da Aldeia, que concorria com o aniversário de Arraial do Cabo e festival de jazz em Búzios, deu o que deu no show de Ferrugem, imagina em Iguaba. Atenção aí.

FUNDO BILIONÁRIO

O Fundo Soberano de Maricá – poupança mensal a partir da arrecadação dos royalties do petróleo – atingiu a marca de R$ 1 bilhão em recursos poupados, sendo o primeiro do tipo no país a chegar a esse montante. O valor foi alcançado com os últimos rendimentos obtidos nas aplicações dos fundos públicos de investimento do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, chegando a R$ 1.001.659.235,14 em meados de maio. A previsão é que esse saldo chegue a aproximadamente R$ 2 bilhões até o fim do atual governo, em 2024, mantida a política vigente de distribuição. As informações estão disponíveis no site. “No mês de aniversário de Maricá comemoramos a marca do Fundo Soberano com aporte de R$ 1 bilhão, que foram guardados para no futuro. Quando o repasse dos royalties do petróleo chegarem ao fim, a cidade poderá ser desenhada pelas novas gerações“, disse o prefeito Fabiano Horta. A preocupação da gestão é que os projetos não sejam interrompidos caso o município deixe de dispor dos valores dos royalties, no momento em que este recurso venha reduzir ou se esgotar futuramente.

INCLUSÃO NO PPA, LDO E LOA

Durante a sessão ordinária desta segunda-feira (30), os vereadores de Maricá votaram e aprovaram, em primeiro e segundo turno, o projeto de lei que altera a Lei do Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) incluindo nessas leis a Fundação Estatal de Saúde de Maricá (FEMAR) criada em 2021. Além da Femar, a alteração inclui nos planos orçamentários a Maricá Alimentos, pois ambas não existiam à época da elaboração das peças orçamentárias.

CHUCHU COM ANDINHO

O vereador de Arraial do Cabo Junior Chuchu (PV) foi tomar um cafezinho nesta segunda-feira (30) com o ex-prefeito do município, Andinho Brito. Apesar de nunca terem sido próximos, segundo o vereador, rolou um bom papo durante o encontro. Após uma breve ruptura, Chuchu voltou para a base do governo de Marcelo Magno (PL), que tem o rimão de Andinho, Deivinho, como vice.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui