BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA TERÇA-FEIRA (24)

Vantoil visita obra de escola e comenta disputa pela mesa diretora da Câmara de Iguaba; Dr. Serginho contra a 'indústria da multa' na ViaLagos; a resistência de Zé para não transmitir cargo à Magdala; a expectativa pela votação do PL do subsídio para Salineira em São Pedro da Aldeia; vetos de Lívia repercutem na Câmara de Araruama; os projetos do parlamento de Búzios e a roda de conversa sobre a CANNABIS medicinal; vereador do Cabo engajado na pré-candidatura a deputado de Aquiles Barreto; e muito mais...

1355

VISITANDO OBRA

A coluna Boca Miúda desta terça-feira (24) começa por Iguaba Grande, onde o prefeito, Vantoil Martins (CID), reuniu parte do secretariado para visitar as obras da Escola Municipal Maria Nazareth Teixeira Neves, no bairro Jardim Solaris. Acompanharam o chefe do Executivo Eron Bezerra, responsável pela secretaria de Planejamento; Carla Valle, secretária de Turismo, Esporte e Lazer; e Vagnei Lessa, titular de Agricultura. O secretário de Educação e de Governo, Jales Lins, não compareceu por estar dedicado a serviço interno, mas, segundo Vantoil, foi ele que recomendou que o prefeito fosse acompanhar o bom andamento da reforma na unidade. Mas o foco da nossa conversa com o prefeito, na verdade, foi outro: as eleições da mesa diretora da Câmara.

TURMA ANIMADA

Como já é de conhecimento de todos, o presidente da Câmara de Iguaba, Balliester Werneck (CID) rompeu publicamente com Vantoil. Contudo, apesar da Câmara ser quase toda base do governo, há quem diga que ele quer renovar sua estadia como presidente da Casa. Só que o que não falta é vereador de olho no cargo. Vantoil, que se absteve da última eleição e não definiu preferidos, disse que a próxima eleição da mesa diretora vai ser em novembro e confirmou que a ruptura com Balliester animou os vereadores, já que ficou claro que não existe nenhum acordo do prefeito para garantir que Balliester seria reconduzido à presidência. Questionamos a Vantoil se ele tinha alguém no coração dele para a vaga. O prefeito disse que qualquer um da base. Na inauguração do Sicoob na semana passada, Paulo Rito (CID) disse que é o favorito do prefeito. Luciano Silva (PL) afirmou que mora no coração de Vantoil. Já Marcilei Lessa contou que está a total disposição do chefe do Executivo. Martins respondeu para a coluna que os três moram no coração dele, mas só um vai poder ser o presidente da Câmara. A dica que o prefeito deu é que, na política, não pode haver precipitação e que quando existe uma fila, ela tem que ser respeitada, não pode ser furada. A pressa, na visão do prefeito, acaba em atraso. Então, tá, né?

CONTRA A ‘MÁFIA DA MULTA’ NA VIALAGOS

A Alerj aprovou, nesta terça-feira (24), em primeira discussão, a proibição da instalação de radares eletrônicos fixos para controle de velocidade e aplicação de multas na Rodovia RJ-124, conhecida como Via Lagos. O Projeto de Lei é de autoria do deputado Dr. Serginho (PL). Segundo a medida, a fiscalização de controle de velocidade na Via Lagos só será permitida através de radares móveis e com a presença da autoridade policial ou agente fiscalizador competente.“Este projeto é um clamor da população local, bem como das centenas de pessoas que utilizam a rodovia para se deslocarem diariamente de suas residências para seu local de trabalho, e ainda, dos milhares de turistas que visitam as cidades da Região dos Lagos. Os radares eletrônicos, nos moldes como se vê hoje, tornaram-se uma verdadeira indústria de multas, e em nada contribuem para a segurança e educação no trânsito”, declarou o parlamentar. A Via Lagos liga os municípios de Rio Bonito a São Pedro d’Aldeia, sendo a principal rodovia para acesso às praias da Região dos Lagos. Resta agora o governador Cláudio Castro (PL) sancionar. Sem dúvidas, a população curtiu a ideia.

DESPACHANDO DE CASA

Mesmo com COVID-19, José Bonifácio continua como prefeito de Cabo Frio, conforme nota divulgada pela Prefeitura nesta segunda-feira (23). A vice, Magdala Furtado (PL), não vai assumir. Deve ser o chefe de Gabinete, Mirinho Braga, o responsável por levar os documentos à casa do alcaide para que Zé despache de casa. Assim como Pedro José fez no começo de 2021, quando Bonifácio teve Covid pela primeira vez. O que não falta, todavia, é quem avalie que Zé tem sido excessivamente “Caxias” e que ele poderia aproveitar para poupar forças e se recuperar. Só que parece que, conforme o ex-presidente do Ibascaf, Bebeto Cardozo, já havia opinado nas redes, há um esforço de setores do governo para que a vice não chegue nem perto da cadeira de prefeito. É, minha gente, resta apenas desejar saúde ao Highlander da Restinga.

CABO FRIO PRETERIDA?

Na sessão desta terça-feira (24) da Câmara de Cabo Frio, o vereador líder de Governo, Davi Souza (PDT), usou a tribuna para denunciar que as obras do Programa “Somando Forças” chegaram às cidades da região, mas, mesmo com as promessas do governador Cláudio Castro (PL), não contemplaram o território cabo-friense. As intervenções de infra-estrutura patrocinadas pelo Estado já estão a todo vapor em municípios como Arraial do Cabo e São Pedro da Aldeia. O programa do Governo do Estado até chegou em Cabo Frio, mas foi paralisado após a não prestação de contas dos valores repassados ao governo do então prefeito Alair Corrêa. O investimento previa melhorias nos bairros Monte Alegre II e Cantinho do Céu, mas foi paralisado sem a conclusão dos trabalhos. Em julho de 2021, o governador, durante a inauguração dos voos da Itapemirim no Galeão, chegou a afirmar que o asfaltamento da Estrada Nelore, que corta os bairros, seria uma de suas prioridades. Durante a cobrança pública, Davi afirmou que prefere não acreditar que “as obras não estão acontecendo por motivos políticos”. De fato, tem que averiguar, mas dando a César o que é de César, o que não faltou de prefeitos da região, como Marcelo Magno (PL) e Fábio do Pastel (PL), foi o pires na mão em idas constantes à capital para assegurar as obras. Será que a articulação por parte de José Bonifácio (PDT) não foi insuficiente?

LANÇAMENTO BADALADO

Ainda no clima de lançamento de pré-candidatura, o vereador de Cabo Frio Roberto Jesus (MDB) promoveu um evento na noite desta segunda-feira (23). O salão em São Cristóvão ficou lotado. Prestigiaram o lançamento do pré-candidato a deputado estadual o parlamentar federal Laterça e o ex-prefeito de Cabo Frio e padrinho político de Roberto, Marquinho Mendes (MDB).

AINDA SOBRE OS TRANSPORTES

Em São Pedro da Aldeia, há a expectativa de que entre em pauta nesta quinta-feira (26) o Projeto de Lei enviado pela Prefeitura visando o subsídio pretendido pela Auto Viação Salineira para não encerrar definitivamente a operação do transporte público no município. Contudo, o prognóstico é dos piores possíveis, nos corredores do parlamento, pelo menos, aos interesses da empresa. A chance são muito remotas do PL ser aprovado. A gente vai continuar acompanhando para ver como essa votação vai ser. De qualquer forma, a Prefeitura está buscando outros meios de tentar cobrir essa situação, que continua gerando preocupação e apreensão entre os municípes. Afinal, ninguém quer ficar sem ônibus, né? Aliás, tem gente no Governo que acredita que aquela empresa que se apresentou para tentar assumir o serviço de transporte público coletivo tenha sido uma conspiração, uma empresa plantada com o objetivo de criar um desgaste na gestão de Fábio do Pastel (PL). Será?

VETOS DE LÍVIA

A Câmara de Araruama votou, nesta terça-feira (24), quatro vetos da prefeita Lívia de Chiquinho (PP) a projetos de lei propostos, três pelo vereador Nelsinho do Som (PSC) e um pela parlamentar Roberta Barreto (DEM). Os PL’s autorizavam o Poder Executivo a destinar espaço para a prática de manobras com motos e bicicletas, criavam o “Programa Wi-Fi Comunitário” nos órgãos públicos, praças, parques e pontos turísticos de Araruama por intermédio de convênios e parcerias público-privadas, dispunham sobre a prioridade de marcação de consultas dermatológicas e oftalmológicas para pessoas com acromatose e criavam o santuário dos cavalos-marinhos na área costeira da lagoa de Araruama abrangida pelos limites do município. Os vetos foram mantidos pela maioria dos vereadores. Votaram contra aos quatro vetos Penha Bernardes (PL) e Oliveira da Guarda (MDB). Nelsinho foi contrário ao veto de suas três propostas, assim como Roberta Barreto também se posicionou contra o veto ao seu PL.

DISCUSSÃO DO MESMO

Mas como lá é o parlamento que costuma pegar fogo, a votação não ocorreu sem discussão. A vereadora Penha Bernardes (PL) repudiou a decisão da prefeita, afirmando que os PL’s não oneravam o município e argumentou que é falta de respeito com o vereador, em um ato autoritário, o Poder Executivo vetar um projeto sem, ao menos, conversar com o autor. Em sua tradicional defesa cega, o líder de Governo, Luiz do Táxi (PL), disse que os vetos são apenas uma questão interpretativa do jurídico da Prefeitura, que difere do Legislativo. Luiz foi rebatido na ocasião do vereador Oliveira da Guarda (MDB), que reforçou a opinião de ser falta de respeito com os 17 vereadores que aprovaram os projetos.

CONTINUA RENDENDO

No mais, a sessão Legislativa em Araruama teve manifestação de um cidadão pela saúde de um morador de São Vicente, que estaria sendo prejudicado pela mudança de funcionamento do Hospital do Distrito. Desde que foi anunciada a transferência das cirurgias e internações da unidade para o Hospital Jaqueline Prates, no Centro, os vereadores da oposição têm debatido a questão, que continua sendo assunto na Casa.

PROJETOS TRAMITANDO

Na Câmara de Búzios, foi apresentado, na sessão desta terça-feira (24), um projeto de lei complementar do Poder Executivo que trata de nova proposta de criação e concessão do auxílio-uniforme aos integrantes da Guarda Civil Municipal. A proposta será analisada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação. De acordo com o PLC, terão direito ao auxílio os servidores da Guarda Civil Municipal que estejam em efetivo exercício da função. O pagamento do auxílio-uniforme será realizado um vez por ano, em parcela única, tendo março como mês de referência. O valor será definido por meio de Decreto do Prefeito. Outro projeto de lei da Prefeitura encaminhado à CCJR visa extinguir cargos efetivos da estrutura da Administração Municipal. No total, são 25 cargos e 212 vagas não ocupadas a serem extintas. O PL 51/2022 também trata da transformação e aproveitamento de cargos remanescentes, estabelecendo ainda as atribuições do cargo transformado de agente de prevenção de sinistro.

PL APROVADO

Na emsma sessão, a Câmara de Búzios aprovou o projeto de lei que estabelece prioridade nas vagas das creches municipais às crianças vítimas de violência doméstica ou aos filhos de mulheres vítimas de violência. O PL é de autoria do presidente da Câmara, vereador Rafael Aguiar (REP), e segue para sanção do prefeito, Alexandre Martins (REP).

CONVERSA DOBRE CANNABIS MEDICINAL

Ainda em Búzios, a Prefeitura vai dar sequência ao programa Clínica de Cannabis Medicinal no município. A secretaria de Saúde vai realizar a 1ª Roda de Conversa Sobre Cannabis Medicinal no dia 28 de maio, às 9h no Geribá Tennis Park. Com convidados de diferentes áreas de atuação ligadas ao tratamento com cannabis, a população vai poder tirar dúvidas diversas sobre o tratamento, em especial, na rede municipal de saúde. Estarão presentes os advogados especialistas no tema Emilio Figueiredo e Marcela Sanches Goldschimit; a presidente da Associação Brasileira de Acesso à Cannabis do Rio de Janeiro (ABRARIO), Marilene da Silva Oliveira; o psicólogo clinico, pastor batista e pai de autista, Sulyvan Batista Brum; o neuropediatra Eduardo Faveret; a médica especialista em Cannabis Sativa Marianna Laize dos Santos; e o vereador autor da lei que permitiu o tratamento com Cannabis no município, Aurélio Barros (PATRI). O programa implantado em Búzios conquistou o primeiro lugar na 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde, que foi realizada pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio de Janeiro (COSEMS-RJ), pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo IdeiaSUS, banco de práticas e soluções em saúde e ambiente.

ARTICULAÇÃO NO CABO

O vereador de Arraial do Cabo Junior Chuchu (PV) continua firme e forte empenhado na pré-candidatura de Aquiles Barreto (PSD) a deputado federal. Mesmo tendo voltado a base de governo de Marcelo Magno (PL), que vai apoiar Felício Laterça, Chuchu não desfez a união com Barreto. Inclusive, nesta terça-feira (24), o edil participou de uma reunião no café da manhã com parte da equipe da coordenação da campanha de Aquiles em Arraial para o evento de lançamento da pré-candidatura do ex-vereador de Cabo Frio em terras cabistas. O ato deve ser realizado no próximo mês no Atlético Clube Apollo, na Praia dos Anjos. “Somos muitos os que acreditam que nossa região tem tudo pra ser referência no nosso estado. O caminho está só começando”, escreveu Chuchu em uma rede social.

HENRIQUE VIEIRA NA ÁREA

O pastor, teólogo, historiador, ator e poeta Henrique Vieira teve agenda em Rio das Ostras nesta terça-feira (24). À tarde, o compromisso foi na UFF. Depois, às 18h, na Confraria do Jamelão. O pastor tem se destacado por ser uma das mais importantes vozes contra o fundamentalismo religioso. Na Universidade, Henrique participou da Jornada Universitária pela Reforma Agrária. Já na Confraria do Jamelão, de debate sobre “Os ataques do governo Bolsonaro à democracia e aos Direitos Humanos”, com Ivanilda Reis, militante do movimento negro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui