BOCA MIÚDA: OS BASTIDORES DA POLÍTICA NA REGIÃO DOS LAGOS NESTA TERÇA-FEIRA (2)

Vereadores aprovam PL e São Pedro da Aldeia está com 'tudo ok' para operar transporte público a partir da semana que vem; Zé Bonifácio, o vandalismo na pracinha e a ausência na Câmara; Julio Lopes conta novidades para Cabo Frio no RC Cast; Dr Serginho tenta manobra para barrar aumento de pedágio; O transporte universitário de Arraial; Projeto de novo benefício para estudantes de Saquarema; Búzios vira destaque na imprensa por pioneirismo na saúde; o hospital universitário de Araruama; Os kits escolares de Iguaba... E muito mais!

1210

PL APROVADO

A coluna Boca Miúda desta terça-feira (2) começa com São Pedro da Aldeia, onde vai faltar fogos de artifício para comemorar o fim do impasse com relação ao transporte público municipal. Os vereadores voltaram do recesso parlamentar nesta manhã e aprovaram, por unaminidade, o Projeto de Lei da Prefeitura que trata sobre o preço da passagem que será cobrada pelo município para gerir o transporte público. O PL propõe o valor de R$ 2,50 para a passagem. A proposta foi enviada pelo gabinete do prefeito Fábio do Pastel (PL) para votação na Câmara Municipal na última quarta-feira (27). A segunda votação foi realizada nesta terça-feira. O transporte começa a funcionar sob a gestão municipal a partir da próxima terça-feira (9), com nova identidade visual.

VERDADEIRA NOVELA

O imbróglio envolvendo o transporte público em São Pedro da Aldeia começou no ano passado, quando a Auto Viação Salineira anunciou a suspensão das atividades no município por conta de prejuízo. De lá para cá, foi um entra e sai da Salineira, teve chamamento público com empresa praticamente fantasma, decisão judicial para cá, liminar para lá e, no fim das contas, a Prefeitura decidiu alugar os ônibus e fazer a gestão do transporte. A solução, inclusive, foi elogiada pelos vereadores na sessão da Câmara.

CONTRA O VANDALISMO

Seguindo pela RJ-140, vamos de São Pedro da Aldeia para Cabo Frio falar do prefeito José Bonifácio (PDT). O alcaide publicou um vídeo falando sobre um ato de vandalismo na espécie de pracinha feita pela Prefeitura em um espaço que antes servia como estacionamento próximo ao Boulevard Canal, na região central de Cabo Frio. Na ação, vândalos tiraram algumas das grades do bicicletário do local. O prefeito relembrou que aquilo ali é patrimônio público e deveria ser zelado pela população. Há um ponto bem claro aqui. O povo precisa conservar o que é seu de direito. Só que outro ponto a ser levantado é que, em uma região central, onde vagas são tão escassas, será que foi de bom tom criar aquele espaço com bancos, jardim e bicicletário? É aquilo, né, minha gente? Em pleno século XXI, é preciso ter um pouco de noção de mobilidade urbana e das necessidades da cidade e não apenas agir a bel-prazer como se vivesse na segunda metade do século passado.

CHAMOU NA CHINCHA

A gente continua falando sobre Cabo Frio, porque a Câmara retomou os trabalhos parlamentares com sessão nesta terça-feira (2). Em discurso nessa abertura de período, o presidente da Casa, Miguel Alencar (UNIÃO), não deixou de mostrar seu descontentamento com a ausência do prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, que preferiu atender a um compromisso no Parque do Mico-Leão-Dourado e foi representado pelo secretário de governo, Betinho Araújo. Miguel fez uma fala rápida, mas bem dura dizendo que fez o convite pessoalmente para o prefeito, que confirmou presença, mas não apareceu. Isso mostra, nas palavras de Alencar, o respeito que José Bonifácio tem com a Casa Legislativa. A sessão da Câmara de Cabo Frio começa às 10h, mas, pelo visto, a sobremesa foi servida antes do almoço: torta de climão, o nome.

DESCASO NO TANGARÁ

Por falar em Miguel Alencar, o vereador esteve na unidade da Estratégia de Saúde da Família do bairro Tangará, que vai passar por reformas a partir de setembro. A indicação da necessidade de revitalização do local foi feita pelo próprio Miguel. As imagens publicadas pelo vereador nesta terça-feira (2) mostram o estado desolador da unidade, que parece tudo, menos um ambiente que você vai para tratar da saúde. É quase que inconcebível, em uma cidade com orçamento anual que beira R$1,4 bilhão, uma unidade que atende tantos munícipes estar assim. Tem coisas que parecem só acontecer em Cabo Frio mesmo. Tenha a santa paciência.

PROTESTO DA SAÚDE

Mais uma de Cabo Frio, servidores da Prefeitura realizaram, pelo segundo dia consecutivo, uma manifestação na sede da secretaria de Saúde do município, na manhã desta terça-feira (2). No ato, Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate à Endemias cobraram pagamentos retroativos de salário e taxa de insalubridade. De acordo com Berriel, representante do SINTSAÚDERJ (Sindicato dos Trabalhadores no Combate às Endemias e Saúde Preventiva no Estado do Rio de Janeiro), os Agentes de Combate à Endemias (ACE) não receberam o piso salarial no valor de dois salários mínimos, que foi pago apenas aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). O sindicato afirma que o Governo Municipal já recebeu o retroativo para pagar a partir de maio, mas ainda não fez o repasse. Que situação, hein?

LIDEROU JUNHO

Dados do Caged apontam as cidades de Maricá, Cabo Frio e Araruama como as que mais geram empregos na Costa do Sol, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (1º) pelo Ministério da Economia, nos primeiros seis meses do ano. Em Cabo Frio, foram admitidas 9.290 pessoas e demitidas 8.470, nesse período. A cidade registrou a abertura de 820 vagas de trabalho formal no primeiro semestre deste ano, superando o número registrado no mesmo período de 2021, quando foram criados 584 empregos com carteira assinada. Isso representa um aumento de 40% de um ano para o outro. O destaque vai para junho, quando a cidade liderou o ranking de geração de empregos formais na Região dos Lagos: ao todo, foram criados 449 postos de trabalho com carteira assinada no município, incluindo os setores de indústria e construção, comércio e serviços, segundo o Caged. “Queremos criar as condições necessárias para que novas empresas se instalem na nossa cidade. O processo de concessão à iniciativa privada do Mercado Sebastião Lan já está finalizado. Serão 59 lojas que criarão 300 novos empregos. Cabo Frio precisa atrair empresas do setor turístico para assumir atividades comerciais e revitalizar toda área do Canto do Forte e Arpoador da Boca da Barra. Empreendedores, venham investir em Cabo Frio”, convidou o prefeito José Bonifácio (PDT).

ENTREVISTA COM JULIO LOPES

O deputado federal Julio Lopes (PP) foi o convidado do 19º RC Cast, transmitido nesta terça-feira (2). O parlamentar está em seu quarto mandato – pretende ir para o quinto – e tem sido presença constante em Cabo Frio. Aliás, adotou Cabo Frio como segunda morada e até adquiriu uma casa por aqui. Julio está na política desde os tempos do Colégio Andrews, tradicional instituição de ensino do Rio de Janeiro. Também foi professor no ensino superior por 15 anos, na área de Administração. Adora comunicação e já foi até jurado no programa do Chacrinha, nos anos 80. Entre as novidades anunciadas para Cabo Frio, estão a Feira do Camarão e dos frutos do mar, em Unamar, e a instalação de um teleférico para ligar o Morro da Guia ao Canal do Itajuru. Disse ainda que o prefeito Zé Bonifácio é um grande parceiro, assim como a vice-prefeita Magdala Furtado (PL). Falou ainda que apoia Cláudio Castro (PL) à reeleição e André Ceciliano ao Senado. Confira a entrevista na íntegra.

AUMENTO ABSURDO

O deputado estadual Dr. Serginho (PL) tenta uma manobra para impedir o aumento absurdo do pedágio da RJ-124, a ViaLagos, considerado o mais caro do Brasil. No primeiro dia da volta dos trabalhos na Alerj após o recesso, nesta terça (2), Serginho protocolou um Projeto de Lei que visa suspender o valor absurdo da tarifa, que para carros de passeio chega R$ 28,80 em fins de semana e feriados, e R$ 17,30 durante a semana. Trocando em miúdos, esse valor significa R$ 0,53 por km rodado, beira o surreal, ninguém aguenta isso. “É inadmissível um aumento como este, no momento em que estamos. O Rio de Janeiro está em regime de recuperação fiscal, o Brasil ainda sob o decreto de calamidade da Covid. Estamos todos fazendo a nossa parte pra recuperação da nossa economia depois desses 2 anos de pandemia. Aí vem a Via Lagos e quer aumentar o pedágio. Sob que justificativa? Vou trabalhar pra não permitir que isso aconteça, e, posteriormente, pra abaixar a tarifa”, disse o deputado Dr. Serginho.

TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO

O prefeito de Arraial do Cabo, Marcelo Magno (PL), fez valer o compromisso assumido e colocou os ônibus do transporte universitário para rodar bem a tempo do início do segundo semestre nas universidades da região. O transporte está nas ruas a partir desta terça-feira (2). O prefeito foi, pessoalmente, conferir os quatro ônibus que vão operar o transporte no município. Os coletivos foram equipados para dar conforto aos universitários, inclusive, com ar condicionado. Tudo para dar aquela moral para a turma. A informação do retorno do transporte universitário havia sido adiantada, em primeira mão, pela coluna Boca Miúda e foi reforçada por Marcelo Magno durante entrevista ao RC Cast no mês passado.

DE OLHO NOS PETS

Arraial do Cabo foi outro município que teve as sessões da Câmara retomadas nesta terça-feira (2). Na ocasião, houve execução do Hino Nacional e todas aquelas solenidades de praxe de começo de período. De destaque, nada tão relevante assim. Aliás, as expectativas no Cabo são para próxima sessão, na quinta (4), quando deve ser votado o Projeto de Lei com a política de bem-estar e proteção animal. O projeto que foi protocolado pela Prefeitura na Câmara na segunda (1º). A pauta é considerada de máxima importância por setores do governo de Marcelo Magno e caminha a passos largos para, efetivamente, avançar no município.

AJUDA DE CUSTO DE R$ 300 A R$ 1,6 MIL

Em Saquarema, a prefeita Manoela Peres (UNIÃO) comanda uma cidade podre de rica – orçamento de quase R$ 2 bilhões -, fora a arrecadação com os royalties – que devem passar dos R$ 950 milhões este ano, mas que tem dado mostra de saber muito bem onde investir para um futuro mais próspero, pelo menos. Nesta terça-feira (2), ela encaminhou para a Câmara Municipal um Projeto de Lei para ajuda de custo mensal aos estudantes universitários que foram aprovados no programa conexão universitária, o Couni. O Couni, lançado em junho vai conceder, na totalidade, 10 mil bolsas de estudo para moradores que queiram ingressar no Ensino Superior e para pós-graduação. Na primeira fase do programa, foram ofertadas 2.000 bolsas. Estudantes matriculados em tempo não integral, terão auxílio de R$ 300,00, desde que o aluno ou a família dele esteja inscrita no CadÚnico. Os que têm aula em tempo integral, receberão R$ 800,00. E para os que estão matriculados em unidade de ensino superior que esteja a mais de 120 quilômetros de Saquarema, o valor sobe para R$ 1.600,00. Golaço da chefe do executivo.

DESTAQUE NA IMPRENSA

O município de Armação dos Búzios ganha destaque duplo na imprensa nesta terça-feira (2). No começo da tarde, o RJ1 da Inter TV fez uma matéria incluindo entrevista do secretário de Saúde do município, Leonidas Heringer, sobre o uso de canabidiol para tratamento de diversas doenças de forma gratuita no sistema público de saúde. O ineditismo desta pauta em Búzios se tornou referência no país e será, inclusive, retratado nesta noite, no episódio do programa Profissão Repórter, no fim do horário nobre global. Desde o ano passado, a Prefeitura de Búzios tem se empenhado na questão da distribuição de medicamentos à base do óleo de canabidiol e já tem lei aprovada e sancionada no município tratando da questão. Saíram na frente.

VALE RESSALTAR

Há de se considerar sobre essa questão quem é o prefeito de Búzios. Alexandre Martins é filiado ao Republicanos, partido controlado pela Igreja Universal do Reino de Deus. Além disso, que, por si só, já o inseriria em condições normais de temperatura e pressão no espectro conservador, o prefeito é pastor evangélico. Ao primeiro olhar, chega até a causar estranheza que uma pauta tão progressista tivesse tanto apoio por parte da gestão municipal. Só que Alexandre é um cara, digamos, diferenciado. Martins adotou o verdadeiro sentido de estado laico e pôs a coisa para andar, independente de viés teológico ou da pauta de costumes. De importante mesmo na questão, para o prefeito, é a saúde pública, como ele mesmo deixou claro em entrevista ao RC Cast no mês passado. Fica o exemplo, então.

LEGISLATIVO BUZIANO

Na primeira sessão legislativa da Câmara de Búzios após o recesso parlamentar, realizada nesta terça-feira (2), foi aprovado o Projeto de Lei que institui o Programa Municipal de Acessibilidade, Inclusão e Fomento do Turismo para pessoas com deficiência. De autoria do vereador Gugu de Nair (UNIÃO), o projeto segue para sanção do prefeito. Também foi encaminhado o Projeto de Lei que prevê a divulgação de informações dos Conselhos Municipais no site da Prefeitura de Búzios. Esse projeto é de autoria do vereador Aurélio Barros (PATRI) e será analisado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Além disso, outros projetos foram encaminhados para a CCJR: um deles dispõe sobre dar afetação máxima à área onde se situa o Campo de Futebol, próximo à Rua do Quilombola, bairro Baia Formosa, passando à categoria de bem de uso comum do povo. O outro trata de estabelecer o direito de o paciente optar pelo acompanhamento por pessoa de sua confiança ou profissional de saúde da instituição durante a realização de exames ou procedimentos em geral. O projeto trata tanto de hospitais e estabelecimentos públicos quanto privados e estabelece multa ao descumprimento da lei.

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO?

O assunto agora é Araruama porque os vereadores retomaram do recesso na sessão da Câmara desta terça-feira (2) citando o fechamento e/ou mudança de funcionamento do Hospital de São Vicente. A pauta foi trazida, mais uma vez, pela vereadora Penha Bernardes (PL) por conta de um protesto silencioso organizado por moradores na sessão. O vereador Amigo Walmir (PP) respondeu que a Prefeitura já deu aval para o começo das obras na unidade. Em nota, a Prefeitura de Araruama confirmou a informação e enviou a ordem de serviço que autoriza a obra e reforçou que a intervenção será feita com recursos próprios, sem auxílios estaduais ou federais. O município trata o Hospital de São Vicente como próximo “Hospital Municipal Universitário”. Apesar de levar esse nome, ainda não há universidade cotada para gerir a unidade. Segundo a própria Prefeitura, primeiro será feita a obra e só depois a questão será resolvida. Então, tá, né?

REUNIÃO DE ANDRÉ

Em Araruama, o ex-prefeito e candidato a deputado federal André Mônica (PDT) esteve com apoiadores para uma reunião de trabalho nesta segunda-feira (1º). Os encontros têm sido realizados semanalmente no comitê de André, no Centro da cidade. Pelas fotos, dá para perceber que a reunião foi bem cheia. Em um grupo de WhatsApp com apoiadores, André escreveu que a reunião teve “cheiro de vitória”. Esse está entrando com confiança no jogo, hein?

KITS ESCOLARES

De Iguaba Grande, começou nesta terça-feira (2) a entrega dos conjuntos de uniforme para os estudantes da rede pública. As unidades escolares de Iguaba serão responsáveis pela distribuição e os kits estão sendo entregues nas unidades escolares que o aluno está matriculado. Os conjuntos contém mochila, bermuda, camisa, tênis e calça.

GANIME REGISTRADO

O deputado federal Paulo Ganime (NOVO) foi o primeiro candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro registrado na Justiça Eleitoral para as eleições gerais de 2022. Na última atualização do DivulgaCand, na manhã desta terça-feira (2), o nome dele é o único que consta nos registros. O NOVO não fechou coligação até o momento e, portanto, Paulo compõe uma chapa puro-sangue com o biólogo Hélio Kinast Cruz Secco, o Hélio Secco (NOVO). De acordo com dados do DivulgaCand, essa será a primeira eleição de Paulo Ganime como candidato à presidência. Em 2018, ele foi eleito, também pelo NOVO, para o cargo de deputado federal pelo Rio de Janeiro. Já o candidato a vice-governador na chapa, Hélio Secco, não disputou nenhuma eleição até o momento, segundo a base de dados do DivulgaCand.

CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA

O empresário Pablo Marçal (PROS) e a servidora pública Sofia Manzano (PCB) foram os primeiros candidatos à Presidência registrados na Justiça Eleitoral para as eleições gerais de 2022. Na última atualização do DivulgaCand, na manhã desta terça-feira (2), os nomes são os únicos que constam nos registros. Outros sete candidatos já foram oficializados por seus partidos para a disputa, mas ainda não constam no sistema. O PROS não fechou coligação até o momento e, portanto, Pablo compõe uma chapa puro-sangue com a policial militar Fátima Pérola Neggra (PROS). De acordo com dados do DivulgaCand, essa será a primeira eleição de Pablo Marçal como candidato. Já Fátima concorreu à vereadora da cidade Mauá (SP) pelo PDT em 2008 e pelo PP em 2020. Em 2018, foi candidata a vice pelo DC na chapa de Major Costa e Silva (DC) ao Governo de São Paulo. Fátima não foi eleita em nenhuma das oportunidades. O PCB também não fechou coligação e, portanto, Sofia compõe uma chapa puro-sangue com o jornalista e redator Antonio Alves (PCB). De acordo com dados do DivulgaCand, essa será a primeira eleição de Sofia como candidata à Presidência. Em 2014, ela foi candidata a vice, também pelo PCB, na chapa de Mauro Iasi (PCB) para o mesmo cargo. Na oportunidade, não foi eleita. Enquanto isso, segundo o mesmo banco de dados, Antonio participa pela primeira vez de uma eleição.

1 COMENTÁRIO

  1. Muito importante a colocação do Sr. Prefeito quanto ao vandalismo. Aproveitando o enfoque, gostaria de que a brilhante administração do Prefeito José Bonifácio, cobrasse de seus colaboradores , uma visão mais aguçada para com algumas situações que dão um aspecto de desleixo na cidade. Hoje mesmo observei, papaleiras semi destruídas em frente ao hortifruti. Caramba, todos conhecemos o respeito e amor que o Prefeito tem por Cabo Frio. Está na hora de cobrar uma atuação, extra gabinete dos secretários. Vamos para rua, demonstrar, que valorizamos nossos proventos e queremos colaborar com o Prefeito. Fico constrangido em fazer este comentário mas o Prefeito e a cidade merecem uma atuação mais ativa. Gente vamos ajudar nossa cidade afinal são pagos para isso. Ficar sentado 24 h. no gabinete, nunca marcou a atuação de secretários em prol de uma administração. Vamos mostrar que amamos Cabo Frio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui