Atos pró-Bolsonaro têm baixa adesão na Região dos Lagos neste domingo (1º)

No mesmo dia em que gás natural teve reajuste de 19%, manifestações, mesmo que pequenas, foram registradas em Araruama e Cabo Frio.

1387

Os atos convocados por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) neste domingo (1º), Dia do Trabalhador, tiveram baixa adesão em cidades da Região dos Lagos, como em Cabo Frio e Araruama.

No mesmo dia em que o gás natural teve reajuste de 19%, as manifestações foram realizadas em capitais do país, como Salvador, Brasília, Vitória, Goiânia, São Luís, Campo Grande, Belo Horizonte e Rio. Houve defesa da intervenção militar e de outras pautas inconstitucionais, além de discursos sexistas, pedidos por “voto impresso” e ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O ato em Cabo Frio se concentrou na Praça da Cidadania, próximo a Praia do Forte. Fotos que circulam na internet mostram menos de dez manifestantes no local.

Em Araruama, a manifestação também não chegou a ser um sucesso, como mostrou o portal Araruama em Pauta. O vereador Elói Ramalho (PSD) esteve no local e fez um vídeo entusiasmado, contrastando com a quase ausência de manifestantes.

O Portal RC24h questionou a Polícia Militar se havia um balanço das manifestações na Região dos Lagos. De acordo com a assessoria deles, até o momento, não há informações sobre ocorrências e nem de número de manifestantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui