InícioRegião dos LagosSão Pedro da AldeiaAtividades conscientizam sobre o Dia de Combate ao Abuso Sexual de Crianças...

Atividades conscientizam sobre o Dia de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes em São Pedro

Uma live na página da Prefeitura nesta quinta-feira (20), vai abordar o tema

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi marcado por ações de conscientização em São Pedro da Aldeia. Na manhã desta terça-feira (18), uma panfletagem informativa foi realizada na área central da cidade, abordando os motoristas que passavam pelo semáforo em frente à Praça Hermógenes Freire da Costa. O objetivo da ação foi sensibilizar a população sobre a importância do tema. 

A atividade foi promovida por representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), do Conselho Tutelar e da Coordenadoria de Políticas para Crianças e Adolescentes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH). 

Outras iniciativas também foram realizadas ao longo do dia em equipamentos da secretaria. No Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Alecrim, servidores distribuíram material com conteúdo informativo impresso com a marca da campanha. Já no CRAS do Bairro São João, houve uma roda de conversa e na unidade do Porto da Aldeia, um vídeo institucional sobre o tema foi postado em uma rede social do equipamento. 

O tema também será debatido em canais de rádios da região nesta terça-feira (18). O bate-papo terá a participação da coordenadora de políticas públicas para crianças e adolescentes e diretora do Departamento de Direitos Humanos, Luciana de Oliveira; da  assessora especial de gestão da Saúde Mental, Rosemary Calazans Cypriano e da psicóloga do Núcleo de Atendimento às Violências Intrafamiliares (NAVI), Jéssica Alana da Silva Santos.

Na próxima quinta-feira (20), uma live na página oficial do Facebook da prefeitura irá reunir especialistas sobre o assunto. A videoconferência será às 15h. O objetivo da mobilização  é mostrar à sociedade o compromisso coletivo para garantir que a população infanto-juvenil tenha uma vida plena e com o direito ao desenvolvimento sexual saudável, assegurado, sem violências.

A campanha

O símbolo da campanha Maio Laranja é uma flor como forma de recordação dos desenhos feitos na infância e lembrança da delicadeza e da necessidade de cuidado e proteção. O dia 18 de maio marca, ainda, a data do desaparecimento da menina Araceli, que aos 8 anos foi sequestrada, drogada, violentada sexualmente e assassinada, em Vitória (ES), no Espírito Santo, no ano de 1973.

Entenda mais

A violência sexual de crianças e adolescentes pode ocorrer em várias idades (incluindo bebês), em todas as classes sociais e ocorre de várias formas: 

Abuso sexual: a criança é utilizada por adulto, ou até um adolescente, para praticar algum ato de natureza sexual; 

Exploração sexual: usar crianças e adolescentes com propósito de troca ou de obter lucro financeiro ou de outra natureza em turismo sexual, tráfico, pornografia, ou também em rede de prostituição. 

Assim que for identificada a violência sexual, antes mesmo de conversar com a vítima, é importante entrar em contato com profissional que possa colaborar e dar o encaminhamento correto de acordo com o caso, conforme a Lei nº. 13.431/2017. 

Como agir: havendo alguma suspeita é possível fazer a denúncia por meio do canal Disque 100. A ligação é gratuita, funciona todos os dias da semana, por 24h, inclusive sábados, domingos e feriados. A denúncia pode ser feita também na Polícia Militar, pelo número 190, ou Polícia Rodoviária Federal, pelo 191 e, ainda, pelo Conselho Tutelar de São Pedro da Aldeia (22) 2627-6570 ou (22) 99773-8908. O sigilo é garantido, e as ligações podem ser feitas por aparelhos fixos ou móvel.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content