InícioDestaqueAnestesista é preso por estuprar paciente em hospital de Saquarema

Anestesista é preso por estuprar paciente em hospital de Saquarema

Crime aconteceu em 2020, durante cirurgia de laqueadura; elemento foi preso nesta segunda-feira (16)

A Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) prendeu, na manhã desta segunda-feira (16), o médico anestesista colombiano Andres Eduardo Oñate Carrillo, de 32 anos. Ele é acusado de estuprar uma paciente no Hospital Estadual dos Lagos Nossa Senhora de Nazareth, no distrito de Bacaxá, em Saquarema, além de uma outra vítima em outra unidade de saúde, ambas durante cirurgias.

Conforme a Polícia Civil, o anestesista chegou a se gravar abusando das vítimas. Em uma delas, ele esfregou e introduziu o pênis na boca da mulher. A captura aconteceu em cumprimento de um mandado de prisão temporária em desfavor do criminoso, por estupro de vulnerável.

O médico foi preso na casa onde morava, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, enquanto dormia.

Andres é investigado, ainda, por produzir e armazenar pornografia infantil em um inquérito da Vara Especializada em Crimes Contra Criança e Adolescentes. Foi a partir daí que os abusos foram descobertos.

A inquirição da DCAV teve o apoio da inteligência da Polícia Civil, com início em dezembro do ano passado. As informações foram compartilhadas com o Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil da Polícia Federal (PF) que identificou, na época, a possibilidade de vasta movimentação de arquivos pornográficos em posse de Andres e encaminhou o caso à Polícia Civil.

Com as suspeitas, a quebra de dados do celular de Andres foi autorizada, sendo encontrados mais de 20 mil mídias de abusos infantis. Sendo que três arquivos feitos pelo próprio criminoso chamou a atenção dos investigadores.

“Quando vimos, logo de início, tratamos como casos de estupro, partindo do princípio de que ele mesmo teria produzido. Mas precisávamos avançar na identificação das vítimas e materializar os crimes. Pelos metadados dos vídeos, certificamos a localização do suspeito no ato da gravação, identificando os hospitais e descobrindo os dias. Aí partimos para a tentativa de descobrir as mulheres ali sedadas. Com as listas de pacientes operados nos dias, fomos buscando características físicas e eliminado possibilidades até chegar às pacientes”, explicou o delegado titular da Dcav, Luiz Henrique Marques.

As vítimas se reconheceram ao assitir os vídeos fornecidos pela polícia, mas elas não sabiam que haviam sido estupradas.

O primeiro crime foi justamente o ocorrido em Saquarema, no dia 15 de dezembro de 2020, durante uma cirurgia de laqueadura.

Já o segundo foi em 5 de fevereiro de 2021, no Complexo Hospitalar Universitário Clementino Fraga Filho, o Hospital do Fundão, da UFRJ, durante um procedimento para retirada de útero.

A direção do Hospital Estadual dos Lagos Nossa Senhora de Nazareth informou que colaborou com a Polícia Civil na investigação que levou à prisão do médico anestesista. “Todas as informações solicitadas pela polícia foram levantadas e repassadas. O médico deixou de atuar na unidade em setembro de 2021”, disse.

O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho afirmou que “o médico Andres, colombiano, não atua mais na unidade desde fevereiro de 2021”.

Coordenadora de Reportagem na Portal RC24h | Site do(a) autor(a)

Pós-graduada em Jornalismo Investigativo pela Universidade Anhembi Morumbi; e graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida.

Atuou como produtora/repórter na Lagos TV, Coordenadora de Programação na InterTV - Afiliada da Rede Globo, apresentadora na Rádio Costa do Sol FM e editora no Blog Cutback. É repórter no Portal RC24h desde 2016 e coordenadora de reportagem desde 2023, além de ser repórter colaboradora no jornal O Dia/Meia Hora.

Vencedora do 3º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental, na categoria web.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo