InícioBrasilAlvo de inquérito da PGR, Ricardo Salles pede demissão e deixa Ministério...

Alvo de inquérito da PGR, Ricardo Salles pede demissão e deixa Ministério do Meio Ambiente

Em publicação no Diário Oficial da União, Bolsonaro nomeou Joaquim Alvaro Pereira Leite, então secretário da Amazônia e Serviços Ambientais, como novo ministro da pasta

O advogado Ricardo Salles pediu demissão do Ministério do Meio Ambiente nesta quarta-feira (23). A exoneração já foi publicada no Diário Oficial da União.

Para substituir Salles, o presidente, Jair Bolsonaro, nomeou Joaquim Alvaro Pereira Leite, que já atuava no Ministério como secretário da Amazônia e Serviços Ambientais.

A gestão de Ricardo Salles no Ministério do Meio Ambiente foi marcada por uma série de polêmicas.

Uma dessas polêmicas, por exemplo, envolve a reunião ministerial de 22 de abril de 2020. Na reunião, Salles sugeriu a Bolsonaro que o governo aproveitasse a pandemia da Covid-19 para “ir passando a boiada”, alterando regras ambientais.

O ex-ministro é alvo de inquérito, autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), por supostamente ter atrapalhado investigações sobre apreensão de madeira. A suspeita foi apresentada pela Polícia Federal, mas Salles nega ter cometido irregularidades.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content