Acusado de estuprar a própria filha, entre 3 e 5 anos, é preso em Iguaba Grande

815

Ainda em Iguaba, homem é morto com tiro na cabeça; em Cabo Frio, acusado de agiotagem e extorsão é preso

Um homem acusado de estupro de vulnerável praticado contra a própria filha foi preso em Iguaba Grande nesta segunda-feira (5).

De acordo com a Polícia Civil, os abusos eram constantes e aconteceram por dois anos, quando a vítima tinha idade entre 3 e 5 anos.

Conforme os agentes, o homem, de 43 anos, teria praticado sexo oral, anal e vaginal na criança.

Ele ainda é investigado pelo mesmo crime contra a outra filha, do primeiro casamento, em Araruama.

A ação foi realizada por meio de mandado de prisão preventiva, com base em investigação da 129 DP.

O estuprador foi encaminhado ao sistema prisional e permanece à disposição da Justiça.

Homem é preso por agiotagem e extorsão em Cabo Frio

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta segunda-feira (5), um homem acusado de extorsão, em Cabo Frio. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal de Macaé, com base em investigações da 123 DP e do GAECO.

Conforme a polícia, Edmilson dos Santos Morais, de 44 anos, conhecido como Pit, é acusado de integrar uma das maiores Organizações Criminais do estado, voltada para as práticas de agiotagem e extorsão.

Ele estava foragido desde novembro de 2014 e foi capturado por agentes da 76ª DP de Niterói, quando saía de casa, no bairro Palmeiras.

Ainda segundo a Civil, ele atuava com um dos “cobradores” da organização na Região dos Lagos. Pit foi encaminhado para o sistema penitenciário e segue à disposição da Justiça.

Homem é morto com tiro na cabeça em Iguaba Grande

Um homem foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (5) no bairro União, em Iguaba Grande.

Conforme a ocorrência, Diogo Wellington Penedo Silva, de 35 anos, foi localizado por populares. Ele foi atingido com um disparo de arma de fogo na cabeça.

O corpo foi encaminhado para o IML de Macaé a ocorrência registrada na 129 DP. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui