Maricá inicia implantação de sistema de monitoramento de chuvas

Até agosto, segundo a prefeitura do município, serão instaladas 31 estações de alerta e alarme para coleta de dados da Defesa Civil

175

Maricá começou a instalar um sistema de monitoramento das chuvas no município, buscando melhorar a quantidade e qualidade dos dados sobre o clima e embasar as ações de prevenção dos danos causados nas temporadas de maior incidência de chuvas.

Até agosto, quando o sistema estiver todo instalado, a cidade terá 31 estações de medição e coleta de dados sobre precipitação de chuva, nível dos rios e condições do solo em dias chuvosos.

Nesta primeira etapa, que vai até o final de fevereiro, estão sendo instaladas estações de alerta e alarme geológico nos bairros Amizade e Sacristia; estações de alerta e alarme hidrológico em Inoã e Itaipuaçu; uma estação hidrológica em Inoã; uma estação meteorológica no Recanto; e uma plataforma de coleta de dados meteorológicos em Cassorotiba.

Quantidade de chuva e nível dos rios são monitorados

Nas próximas etapas do projeto, que tem previsão de conclusão para agosto, serão implantadas mais 24 estações, totalizando 31. Todos os dados coletados pelos equipamentos serão permanentemente monitorados pela Defesa Civil, responsável pelo eventual acionamento de alertas e alarme em caso de chuva forte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui