Empresa do ramo de criptomoedas de São Pedro da Aldeia encerra atividades e preocupa investidores

ESA Consultoria & Investimentos, do "Chinês do Bitcoin", prometia lucros de 15% ao mês

7233
investidores

Mais uma empresa do ramo de criptomoedas da Região dos Lagos fechou as portas. Dessa vez, a ESA Consultoria & Investimentos, de São Pedro da Aldeia, comandada pelo “Chinês do Bitcoin”, comunicou o encerramento das atividades aos investidores na segunda-feira (11).

Os clientes, que tinham a promessa de receber 15% do valor aportado ao mês, agora, seguem preocupados em saber se vão ou não receber o dinheiro de volta.

A consultora deu início às atividades em março deste ano, com registro de CNPJ no ramo de serviços mobiliários, instalação e manutenção elétrica, mas, na realidade, trabalhava com um suposto esquema de pirâmide de criptomoedas, com rendimento de 15% ao mês.

Um dos sócios da ESA é o chinês Su Goming, que tem mais quatro empresas na Região dos Lagos, entre elas, um restaurante de comida japonesa em um shopping de Cabo Frio. Além dele, André Cardoso Gonçalves e Erlon Ramos Fernandes também respondem pela consultora.

Em nota divulgada aos investidores, os responsáveis pela empresa afirmam que no contrato já haviam informações de que o negócio poderia chegar ao fim devido a “variações sociais”. Os sócios afirmam que vão honrar com os pagamentos, ainda que muitos clientes já estejam reclamando de atrasos.

Segundo o texto, a decisão tem como objetivo “respeitar os órgãos de fiscalização, os quais sinalizaram acerca da possível irregularidade no funcionamento de empresas que operam de maneira semelhante”.

A restituição dos valores, conforme divulgado pela ESA Consultoria & Tecnologia, seguirá um cronograma elaborado pelo setor financeiro da empresa e “todos os clientes terão a devolução dos valores investidos, de modo que não haverá qualquer prejuízo suportado”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui