“Caso necessário, voltarei com as barreiras sanitárias e suspenderei os eventos”, diz prefeito de Búzios

Alexandre Martins disse que está acompanhando os números de perto. Uma reunião entre ele e os prefeitos de Cabo Frio, Arraial do Cabo e São Pedro da Aldeia pode definir situação em conjunto

1319

O prefeito de Armação dos Búzios, Alexandre Martins (REP) ainda não definiu se a cidade vai ter ou não Carnaval de rua, mas disse que está acompanhando de perto os números epidemiológicos da Secretaria de Saúde do município nesta primeira semana de 2022, devido à divulgação da evolução dos casos da Gripe Influenza e do aumento dos números de casos da Covid-19 no Estado do Rio de Janeiro e no Brasil.

A indefinição sobre ter ou não Carnaval na Região dos Lagos tem sido motivo de muita discussão nos últimos dias. A única cidade que já bateu o martelo e cancelou o festejo de Momo este ano foi Araruama, por decreto. Em Cabo Frio, o impasse continua.

Por outro lado, de uma reunião entre os prefeitos de Cabo Frio, São Pedro da Aldeia, Arraial do Cabo e Búzios – que deve acontecer nesta quinta-feira (6) – pode sair a decisão conjunta sobre a folia.

Segundo Alexandre Martins, após as comemorações da virada do ano, e com as estatísticas dos aumentos de casos dos dois vírus (Influenza e Covid-19) no país, é necessário ficar atento e acompanhar de perto a evolução na cidade.

“Se preciso for, voltarei com as barreiras sanitárias e suspenderei os eventos na cidade para proteger nosso povo. Estamos analisando diariamente nossos números epidemiológicos, caso evolua muito, tomarei todas as medidas cabíveis para conter a disseminação no município”, disse o prefeito.

A secretaria de Saúde de Búzios disponibiliza diariamente os dados epidemiológicos no site oficial e nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui