InícioRegião dos LagosCabo FrioApós dois anos, demolição de minirrampa de skate em Cabo Frio vira...

Após dois anos, demolição de minirrampa de skate em Cabo Frio vira alvo de denúncias: “abandono total”

Categoria denuncia abandono por parte da prefeitura, que, apesar de verba destinada à reconstrução do local, não dá início às obras

Mesmo após dois anos da demolição da minirrampa da Rua João Pessoa, no bairro Algodoal, o espaço ainda continua sendo alvo de denúncias por parte de skatistas de Cabo Frio por conta do abandono. Segundo os atletas, o local está ‘largado’ e a prefeitura tem tratado com “descaso” a reconstrução da estrutura.

Nesta quinta-feira (21), inclusive, imagens de um carrinho de milho pegando fogo estão circulando nas redes sociais, dando ainda mais força às denúncias dos skatistas. Outra reclamação por parte da categoria são as “promessas” em relação à reforma do Skate Park Allan Mesquita, localizado próximo aos quiosques da Praia do Forte.

Os atletas definem a situação como “muito triste” e afirmam que “paciência tem limites”.

“Está na hora da prefeita Magdala Furtado (PL) fazer alguma coisa, pois o vereador Josias da Swell (PL) já destinou recursos para isso. Será que a prefeita não irá fazer nada? Estamos esperando, mas paciência tem limite”, declaram os skatistas, denunciando abandono da localidade.

O RC24h entrou em contato com o vereador Josias da Swell, perguntando detalhes sobre os recursos destinados à reforma do Skate Park Allan Mesquita e à reconstrução.

Em resposta, o parlamentar comentou que, em relação à minirrampa, “infelizmente, o governo optou por não reformá-la” e que o local onde ela, que “era muito apreciada pelos skatistas”, ficava, “está completamente abandonado”.

Contudo, mencionou que “propôs uma emenda na lei orçamentária deste ano, ou seja, para 2024, destinando R$ 700 mil para a reforma e atualização do Skate Park Allan Mesquita”. Ainda explicou que “solicitou que a minirrampa seja reconstruída, já que não foi possível mantê-la no local original”.

Josias compartilhou também que pediu que a reforma seja feita por uma empresa apropriada, com “expertise em construção de pistas de skate”, além de ter solicitado a atualização da pista, pois a mesma encontra-se desatualizada em relação aos equipamentos para manobras”.

Por fim, o parlamentar enfatizou “que solicitou que as obras sejam acompanhadas pela comunidade skatista, já que, afinal, são eles que vão utilizar a pista”.

O Portal também questionou à prefeitura sobre as obras na localidade, contudo, não obteve retorno até o fechamento da matéria.

Graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Veiga de Almeida e pós-graduanda em Assessoria de Imprensa, Jornalismo Estratégico e Gestão de Crises pela Universidade Castelo Branco.

Já atuou como apresentadora na Jovem TV Notícias, em 2021. Escreve pelo Portal RC24h há três anos e atua, desde julho de 2022, como repórter do Jornal Razão, de Santa Catarina.

É autora publicada, com duas obras de romance e mais de 500 mil acessos nas plataformas digitais.

- Advertisement -
VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
- Advertisement -spot_img

Mais Lidas

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -
- Advertisement -spot_img
Pular para o conteúdo