Alunos do Projeto Mancha Verde, de Cabo Frio, disputam Copa Zico em Minas Gerais

Programa atende cerca de 200 crianças do bairro Jacaré; esta é a 2ª participação do grupo na edição em Juiz de Fora

1014
projeto

A edição de verão da Copa Zico, uma das competições amadoras mais reconhecidas do Brasil, já começou e os alunos do Projeto Mancha Verde, de Cabo Frio, embarcam neste sábado (11) para Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde vão disputar a competição, que segue até o dia 20.

O Mancha Verda atende cerca de 200 crianças do bairro Jacaré, com aulas de iniciação no esporte e, para os mais velhos, preparação para competir em grandes torneios. Tudo sem custos.

Essa é a segunda vez que os alunos do projeto participam da edição mineira do torneio, que também acontece em vários estados do país durante o ano.

“A Copa Zico é uma competição amadora, mas muito importante para dar possibilitar às nossas crianças terem visibilidade, ser observado em uma competição de alto nível. Nós temos dois tipos de trabalho: um de iniciação, para o atleta que tá dando os primeiros passos no futebol, e também o de alto rendimento, para os que são mais evoluídos. Fazemos este trabalho há 13 anos”, conta o coordenador do projeto, João Pedro Nascimento.

A preparação é feita durante todo o ano com participações em competições preliminares.

“Já estivemos em 2019 com as categorias sub-15 e sub-17, onde fomos campeões nas duas. Este ano, vamos retornar com as categorias menores, com as crianças de 8 a 12 anos”, explica o preparador físico, Adalberto Ricardo.

Os alunos do projeto que mais se destacam são selecionados para integrar o elenco. A notícia da convocação é sempre aguardada com muita ansiedade pelos jovens atletas.

Com apenas 11 anos, Miguel diz que comemorou bastante ao ser selecionado para o torneio de verão: “eu comemorei muito, porque, o ano inteiro, vim treinando e me dedicando em campeonatos grandes e pequenos. Dei o máximo de mim e, graças a Deus, consegui esta convocação e fiquei muito feliz quando recebi”.

Já Lucas, de 9, participou de uma edição nas férias, no meio do ano, mas acabou sendo eliminado. Mesmo assim, não desistiu e segue firme na expectativa.

“É muito maneira a Copa Zico. A gente já foi lá no meio do ano (em outra edição), nas férias. Fomos eliminados nas quartas, mas vamos levantar a cabeça e vamos pra cima”, determina o menino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui