InícioRegião dos LagosArraial do CaboAções ambientais retiram cerca de três toneladas de lixo na Praia dos...

Ações ambientais retiram cerca de três toneladas de lixo na Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo

Ação integrada ao movimento World CleanUp Day, no sábado (18), tirou 300 pneus do mar e foi conduzida em outros pontos do município com representantes da Fundação de Meio Ambiente, secretaria do Ambiente e Saneamento, Guarda Mirim, alunos da Escola Social de Vela Filhos do Vento, Idac, Aremac, ONGs e diversas associações ligadas à pesca e mergulho, além de voluntários

Uma ação conjunta de diversas entidades de Arraial do Cabo neste sábado (18) promoveu mais uma edição do projeto Limpeza dos Mares. Foram recolhidas cerca de três toneladas de lixo e 300 pneus submersos apenas na Praia dos Anjos.

A atividade faz parte do Clean Up Day, uma mobilização que ocorre anualmente em mais de 180 países.

A ação foi realizada, de forma simultânea, nas praias e nos distritos com representantes da Fundação de Meio Ambiente, secretaria do Ambiente e Saneamento, Guarda Mirim, alunos da Escola Social de Vela Filhos do Vento, Idac, Aremac, ONGs e diversas associações ligadas à pesca e mergulho, além dos cidadãos, contribuíram para retirar o lixo da faixa de areia e do mar.

Além da limpeza, a ação tem objetivo de educar e conscientizar a população sobre a preservação do meio ambiente.

Aremac e Projeto Mar Sem Lixo

A Associação da Reserva Extrativista Marinha de Arraial do Cabo (Aremac) e o Projeto Mar Sem Lixo retiraram, neste sábado (18), mais de 400 quilos de detritos de quatro praias de Arraial do Cabo: Grande, Forno, Anjos e as Prainhas do Pontal do Atalaia.

O trabalho teve apoio de voluntários da “Eco Trilhas”, do movimento “Preserve Arraial do Cabo”, da Guarda Mirim de Arraial do Cabo, com suporte da Marinha do Brasil e da secretaria de Meio Ambiente.

Garrafas pet, descartáveis de uso individual, como talheres de plástico, pratinhos, copos, canudos e sacolas, além de latas de alumínio e guimbas de cigarro, foram recolhidas das areias e das áreas de restinga em uma ação que reuniu mais de 50 pessoas.

A Aremac, além de participar das ações, deu apoio ao evento e disponibilizou a sua lancha e os seus veículos para transportar os voluntários. Todo o material foi levado para a usina de reciclagem de Arraial do Cabo.

“É nosso dever conscientizar a população sobre a importância de não permitir que esses detritos cheguem ao mar e poluam o meio ambiente, por isso também distribuímos sacolas biodegradáveis nesse dia. O lixo na areia chega inevitavelmente ao mar, afetando a nossa fauna marinha, que é a nossa maior riqueza”, explica o presidente da AREMAC, Eraldo Cunha.

De acordo com os últimos estudos científicos, 25 milhões de toneladas de lixo entram nos oceanos todos os anos, pelo menos. Isso é igual esvaziar um caminhão de lixo no mar a cada dia. Além disso, 99% das aves marinhas terão ingerido plástico até 2050, ano em que estima-se que haverá mais lixo no mar do que peixes.

Por ano, também, 100 mil animais marinhos morrem por causa do lixo nos mares. A maior parte desse lixo chega ao mar porque é deixado nas praias de todo planeta. Por isso ações desse tipo são tão importantes.

“A população está crescendo, a poluição está crescendo e o descarte irregular está crescendo. Todas as praias, hoje, do planeta estão poluídas por detritos plásticos. E isso aqui é só a ponta do iceberg. A gente não consegue ver o lixo que está nos oceanos. A gente só vê o lixo que está nas praias. A situação é cada vez mais grave”, completa o presidente do Projeto Mar Sem Lixo, Roberto Ramos.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content