Início Política Vereadores de Cabo Frio querem saber motivo de respiradores estarem guardados em...

Vereadores de Cabo Frio querem saber motivo de respiradores estarem guardados em hospital

A Câmara Municipal de Cabo Frio quer saber porque existem respiradores guardados, sem uso, no Hospital Municipal de Tamoios, no segundo distrito. O questionamento chegou na sessão ordinária desta terça-feira (9), quando os vereadores debateram medidas efetivas no combate à pandemia.

O primeiro a usar a tribuna foi o parlamentar Roberto Jesus (MDB), autor do requerimento 041/2021, aprovado por todos os presentes. O documento solicita à Prefeitura a cópia dos contratos de aquisição dos respiradores que estão no Hospital Municipal de Tamoios.

"Tenho visitado as unidades públicas de saúde. Estive na UPA de Tamoios e os médicos estavam prestando atendimento aos pacientes, mas não tinha insumos, lençol nas macas, somente uma cadeira de rodas. Poucos respiradores em funcionamento, somente um na sala vermelha. No Hospital de Tamoios há dez respiradores na caixa desde o ano passado porque a unidade está fechada. São aparelhos que poderiam salvar vidas", disse o vereador autor.

A vereadora Alexandra Codeço (REP) pontuou sobre a vacinação dos idosos.

"É um desrespeito com os idosos que estão sendo vacinados no Centro de Reabilitação. As pessoas chegam na fila às 5h, a imunização começa às 10h, muitos idosos saem de lá às 15h. Esperam por horas no sol, calor escaldante. Não seria melhor começar às 7h e encerrar às 16h, diminuir as filas?", indagou.

Indicação busca informações sobre atendimento de triagem

O vereador Vanderson Bento (PTB) colocou em pauta a Indicação 177/2021, onde solicita um link de acesso no site da Prefeitura com informações para pacientes com suspeita de Covid-19.

"Recebi diversas denúncias de cidadãos pedindo informações sobre local de atendimento em caso de suspeita da doença. Em consulta ao site, verificamos que a informação não é muito fácil de ser acessada. Liguei para o 0800 disponibilizado pela Prefeitura e não obtive sucesso no atendimento. O cidadão não sabe o que fazer e nem para onde ir", explicou.

Presidente cobra resposta dos requerimentos enviados ao Executivo

O presidente da Casa, Miguel Alencar (DEM), reforçou que os requerimentos enviados ao Executivo não estão sendo respondidos a contento, com destaque para o 22/2021, de autoria do vereador Vinícius Correa (PP). Este documento solicitava a listagem de pessoas que foram imunizadas em todo o município. O prazo de resposta venceu na segunda-feira (8), conforme dispõe o art. 62, XVI da Lei Orgânica.

"O secretário de Saúde enviou um ofício convocando para uma reunião e não compareceu. O requerimento com as informações das pessoas que tomaram a primeira dose da vacina também não foi respondido, o que dificulta o acesso às informações corretas. A Câmara é a representante do povo. Peço que respondam os requerimentos com as informações solicitadas e não somente de maneira evasiva", disse o presidente.

'A gente está lutando aqui é pela vida das pessoas'

O vereador Luis Geraldo (REP) também falou sobre questão dos respiradores. Ressaltou que não há tempo a perder na luta contra a covid, e que o ideal seria que esse hospital fosse reaberto para que as pessoas pudessem ser tratadas lá.

"E se esse hospital não for aberto? Esses respiradores vão ficar lá dentro, sendo que vidas poderiam ser salvas com a ação deles. A gente está lutando aqui é pela vida das pessoas, não é contra ninguém. A gente precisa saber da situação desses respiradores, por que eles estão parados, não importa onde eles estejam, tem muita gente que pode precisar deles", concluiu.

A reportagem do Portal RC24h pediu um posicionamento sobre esses respiradores à Prefeitura e aguarda uma resposta.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -

Mais Lidas

Skip to content