InícioSaúdeCovid-19Rio das Ostras recebe vacina contra Covid-19 e retoma repescagem de 1ª...

Rio das Ostras recebe vacina contra Covid-19 e retoma repescagem de 1ª dose

De quarta até sexta, população de 18 anos ou mais que ainda não tomou a primeira dose contra a Covid pode procurar os polos

No último sábado (4), Rio das Ostras recebeu da Secretaria de Estado de Saúde 2.600 doses da vacina CoronaVac para serem ofertadas à população. Com isso, o Município pôde retomar, nesta semana, a vacinação da 1ª dose de quem perdeu a oportunidade e tem entre 18 anos ou mais. A Repescagem fará parte do calendário vacinal da semana, desta quarta-feira (8), até sexta-feira (10), nos cinco polos descritos abaixo, sempre das 9h às 16h.

DOCUMENTAÇÃO – Para receber a 1ª dose, as pessoas precisam apresentar documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS e comprovante de residência em Rio das Ostras.

POLOS DE VACINAÇÃO (8/09 a 10/09):

· Escola Municipal Francisco de Assis Medeiros Rangel, Parque Zabulão,

· Escola Municipal Cidade Praiana, em Cidade Praiana

· Escola Municipal Nilton Balthazar, Jardim Mariléa

· Escola Municipal Padre José Dilson Dórea, Âncora

· Colégio Municipal Professora América Abdalla, Nova Esperança

DOSES SUSPENSAS

Nesta mesma remessa vinda do Estado, Rio das Ostras recebeu outro lote, com 4580 doses de CoronaVac. Conforme orientação da Secretaria de Estado de Saúde, do Ministério da Saúde e da Anvisa, esse referido lote ficará separado até que seja liberado pela Anvisa. O lote chegou ao Município no dia 4/09 e não houve aplicação de nenhuma dessas doses na população de Rio das Ostras.

Essas 4580 doses fazem parte do lote 202108113H de CoronaVac, que está entre os suspensos cautelarmente pela Anvisa. De acordo com a Secretaria de Estado do Rio de Janeiro, o lote chegou ao Estado na noite de sexta-feira, dia 3, e estava sendo distribuído aos municípios no sábado, 4, e no domingo, 5. Rio das Ostras foi uma das cidades que recebeu os imunizantes e vai seguir a determinação de NÃO utilizar as doses até a liberação do órgão federal.
As doses foram suspensas pela Anvisa por cautela, em função de terem sido envasadas em fábrica não inspecionada pela agência reguladora brasileira.

VEJA TAMBÉM
- Advertisement -
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img
- Advertisment -spot_img

Mais Lidas

Skip to content